Como é feita uma análise de crédito?

Sempre que uma pessoa física ou jurídica pede um empréstimo é feita uma análise de crédito. Esta análise permite avaliar a capacidade que a entidade devedora tem para cumprir com o acordado. Para tal é definido o risco que está envolvido na transação.

As instituições financeiras usam uma tabela de pontuação e critérios para definir quais os fatores que possibilitam a identificação de uma possível inadimplência por parte do cliente. É com base nessa tabela e nos dados gerados que é, ou não, cedido o crédito. É também de acordo com esses dados que são consideradas a taxas de juros, condições do crédito e prazos.

Quais os fatores que são levados em consideração na análise de crédito?

Os fatores da tabela que falamos anteriormente pode variar um pouco de instituição para instituição. No entanto, os principais critérios a serem tidos em conta na análise de crédito são os seguintes:

Anúncios

Dados cadastrais

As pessoas jurídicas precisam de entregar o registro da empresa, restrições bancárias (caso as haja), valores de faturamento e outros valores em relação à contabilidade. Poderão ser pedidos também alguns documentos que se relacionem com a posso de bens, ou documentos que comprovem que a empresa terá capacidade para pagar o empréstimo.

A instituição financeira verifica também já teve problemas com não pagamentos ou atrasos de forma a que possa fazer uma melhor decisão sobre o empréstimo e suas condições.

Restrições cadastrais

Se a pessoa que solicita o empréstimo tiver restrições cadastrais em seu nome, pode ser um fator muito forte a ser levado em conta na análise e concessão de crédito. Para tal elas consultam alguns órgãos, como o SPC e o Serasa, de forma a identificar se existe alguma restrição, ou se já existiu em tempos alguma.

Análise do perfil

As instituições financeiras usam a técnica Score de Crédito para determinar o perfil do solicitante de crédito. O Score de Crédito tem uma base estatística muito forte, e com ele é possível determinar se a pessoa jurídica estará de acordo com o valor que pediu de empréstimo.

Comprovantes de renda / faturamento

É muito comum que as instituições peçam comprovantes de renda ou faturamento para analisar a sua capacidade de pagamento. Desta forma eles conseguirão determinar o valor máximo que lhe podem emprestar sem correr risco de não receber ou receber com atrasos.

Via de regra, esses valores rondam os 20 e os 30% dos rendimentos.

Etapas de uma análise de crédito

Como vimos, a análise de crédito é fundamental para que as instituições possam determinar se determinada pessoa terá capacidade de pagar todas as parcelas mensalmente. Embora as etapas da análise sejam feitas de forma diferente de instituição financeira para instituição, todas elas seguem uma linha cronológica idêntica.

Análise Preliminar

Esta é a fase de captação de informações. Aqui se incluem os dados cadastrais, as restrições cadastrais, e se existem casos de não pagamento.

É nessa altura que a instituição tem acesso ao perfil do seu negócio. Aqui se incluem dados como tipo de negócio, localização, entre outros.

É durante a análise preliminar que se pedem os documentos necessários para comprovar a sua situação econômico-financeira. Aqui podem pedir:

  • Relação do faturamento dos últimos 2 anos
  • Cópia do Contrato Social
  • Balanço Patrimonial dos últimos 2 anos
  • Balancete do último período
  • Extrato bancário de pessoa jurídica dos últimos três meses
  • Endividamento bancário
  • IRPF do avalista
  • Autorização de consulta à Central de Risco Bacen

Se todas as documentações forem entregues prontamente e de forma correta, é possível avançar para a próxima etapa da análise de crédito no caso da empresa ser aprovada nessa fase preliminar.

Análise Conclusiva

Assim que as empresas passam na análise preliminar, passam para a análise conclusiva. Aqui é feita uma análise mais rigorosa. A instituição pode entrar em contato com alguns clientes, por exemplo, para buscar algumas informações.

Pode também ser feita uma análise profunda do que a empresa faz, como ela está se desenvolvendo, e quais os projetos futuros. Desta forma é possível interpretar as informações e os números de forma correta. Note que a contabilidade, o faturamento, e também o endividamento dependem muito do segmento e setor de atuação, assim como o porte da empresa.

As instituições que cedem crédito fazem também uma análise do histórico de crédito da empresa. Analisam também o endividamento na Central de Risco Bacen. Para esta última é necessário a autorização do solicitante. No entanto, é preciso saber que se recusar dar essa autorização, o seu empréstimo será, muito provavelmente, negado.

Empresas que tenham pedido empréstimos anteriores não têm desvantagem em relação às que nunca o pediram. O importante é que o pagamento de seus empréstimos tenham corrido de acordo com aquilo que foi acordado entre as partes.

Nessa etapa também é feita uma análise dos números da empresa. Aqui entram os dados de faturamento, buscando informações que justifiquem algumas oscilações no mesmo. Isso é conseguido por uma análise econômico-financeira dos balanços e dos DREs.

Depois de serem analisados todos os dados enviados pelo solicitante de crédito, é marcada uma entrevista para esclarecimento de alguns pontos que possam não ter sido claros o bastante. É possível que se façam checagens com referências de fornecedores e clientes.

Com base em toda a informação prestada e reunida, é feita a avaliação da empresa, associando um rating. A cada rating se associa uma taxa de juros. Assim, quanto maior o rating da empresa, maior o risco de inadimplência, e por isso, maior a taxa de juros.

Lembramos, mais uma vez, que o processo de análise de crédito não é unificado, e por isso algumas instituições financeiras podem ter algumas diferenças ao longo do processo.

No entanto, as informações principais são aquelas que lhe passamos, pois só com elas é possível determinar o risco e assim calcular a melhor taxa de juros. Além disso, só com esses dados a instituição será capaz de determinar se a empresa poderá cumprir com o acordado e pagar todas as parcelas nos prazos estipulados.

Via Contsimples

Comente no Facebook

Comentários

Facebook Comments Plugin Powered byVivacity Infotech Pvt. Ltd.

DEIXE UMA RESPOSTA

Coloque seu comentpario
Coloque o seu nome

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.