INSS envia carta de revisão aos segurados para evitar que eles percam a pensão

0

O INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) passou a notificar por carta 1,7 milhão de segurados que tiveram seus benefícios revisados e que precisam fazer uma atualização de documentos.

Quem não responder em 60 dias após ter recebido a carta terá o seu pagamento interrompido. Ao finalizar o prazo o beneficiário passar 30 dias sem dar uma resposta ao INSS, o seu pagamento será suspenso definitivamente.

O que é revisão?

Durante o mês de setembro, o INSS passou a emitir cartas de convocação, chamadas de “comunicado de exigência”, aos beneficiários com algum tipo de dado cadastral inconsistente. Na verdade, a revisão está relacionada a pendências cadastrais.

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) informa que, todas as espécies de benefícios estão passando por essa revisão.

Quem recebe a carta o que dever fazer?

Quem receber a carta deverá enviar uma cópia digitalizada de alguns documentos do titular do benefício, do procurador ou representante legal, através do site ou aplicativo Meu INSS.

O INSS informa na carta que os segurados devem enviar cópia digitalizada de alguns documentos do titular do benefício, do procurador ou representante legal , pelo site ou aplicativo Meu INSS.

Documentos exigidos:

CPF
RG
Certidão de nascimento ou casamento
Título de eleitor
Carteira de trabalho

Em relação a pensão por morte, deverá ser entregue os documentos do segurado que faleceu e dos dependentes. O INSS fornece o modelo da carta em seu site.

Como anexar os documentos no Meu INSS?

Acesse o site Meu INSS ou aplicativo. Se for o primeiro acesso, será preciso cadastrar uma senha.

Na página inicial, procure por “atualização de dados cadastrais do benefício”.
O INSS informará que você deve atualizar seus dados de contato. Clique em “atualizar” e confira as informações. Ao terminar, clique em “Avançar”.

Em seguida, será possível anexar os documentos.

Edição por Jorge Roberto Wrigt Cunha – jornalista do Jornal Contábil