19°C 28°C
Uberlândia, MG

Conta de luz irá aumentar em 4 estados. Veja quais são eles

Conta de luz irá aumentar em 4 estados. Veja quais são eles

28/04/2022 às 13h50 Atualizada em 28/04/2022 às 16h50
Por: Lucas Machado
Compartilhe:

No último dia 16 de abril, foi encerrada a vigência da Bandeira de Escassez Hídrica, que por sua vez cobrava um adicional de R$ 14,20 na Conta de Luz a cada 100 kWh consumido. O acréscimo na fatura estava valendo desde setembro de 2021. 

Continua após a publicidade

De todo modo, diante do fim da bandeira vigente, muitos brasileiros anseiam pela redução na conta de energia elétrica. Até porque, segundo o Governo Federal, haveria uma queda de 20% na fatura. 

Por sua vez, na última semana a Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) aprovou aumentos tarifários em quatro estados do Nordeste. Os reajustes já estão valendo desde 22 de abril. 

Neste cenário, especialistas apontam que em algumas dessas regiões o valor da conta até irá diminuir com o fim da Bandeira de Escassez Hídrica, entretanto, a redução será bem menor, devido aos reajustes autorizados pela Aneel

“O anúncio de redução de 20% das contas de luz foi possível porque foi feito antes do início do ciclo de reajustes tarifários de 2022, com poucas exceções”, diz Rodrigo Gelli, diretor-técnico da PSR.  

Continua após a publicidade

Em resumo, os estados do Ceará, Bahia, Sergipe e Rio Grande do Norte, serão prejudicados com aumento ou reduções insignificantes na conta de luz, mediante aos reajustes tarifários. Confira: 

  1. Ceará: a Enel, distribuidora responsável por 3,8 milhões de unidades consumidoras, aplicou um reajuste de 24,85% em relação ao acumulado dos últimos dois meses. Sendo assim, ao invés de uma redução, os cearenses terão de arcar com uma alta de 0,90% na conta de luz; 
  2. Bahia: a Neoenergia Coelba aplicou um reajuste de 20,73%. A companhia contempla 6,3 milhões de unidades consumidoras do estado. No cenário baiano a fatura de energia elétrica terá uma queda de 1,38%; 
  3. Rio Grande do Norte: neste caso, o aumento tarifário estabelecido pela  Cosern foi de 19,87%, barateando a conta de luz em 4,11%, A companhia abrange 1,5 milhão de unidades consumidoras.
  4. Sergipe: no estado o reajuste implementado foi de 16,46%, resultando em uma queda levemente melhor na conta de luz, quando comparada aos cenários anteriores. A redução na fatura corresponderá a 6,15%. Isto se aplica às 825 mil unidades consumidoras atendidas pela ESE. 

Por fim, vale lembrar que os estados de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul já contam com alterações tarifárias desde 16 de abril. A fatura de energia elétrica barateou somente 0,04% e 2,75%, respectivamente. 
No caso dos estados brasileiros que ainda não aplicaram algum reajuste, a redução na conta de luz será de aproximadamente 21%, todavia, ao longo do ano, consumidores residenciais podem contar um aumento de cerca de 13,5% na fatura. Tais estimativas são da consultoria de energia PSR, conforme o divulgado pelo portal R7.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Uberlândia, MG
28°
Parcialmente nublado

Mín. 19° Máx. 28°

29° Sensação
4.26km/h Vento
53% Umidade
16% (0mm) Chance de chuva
06h23 Nascer do sol
06h01 Pôr do sol
Qua 29° 20°
Qui 28° 21°
Sex 27° 19°
Sáb 28° 18°
Dom 28° 21°
Atualizado às 15h08
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 0,00 %
Euro
R$ 0,00 %
Peso Argentino
R$ 0,00 %
Bitcoin
R$ 0,00 %
Ibovespa
0,00 pts %