14°C 27°C
Uberlândia, MG
Publicidade

Alexa consegue imitar a voz de parentes que já estão falecidos

Alexa consegue imitar a voz de parentes que já estão falecidos

24/06/2022 às 16h22 Atualizada em 24/06/2022 às 19h22
Por: Leonardo Grandchamp
Compartilhe:
Imagem por @freepik / freepik
Imagem por @freepik / freepik

A Alexa é uma assistente virtual que passou a estar presente em muitos lares por conta dos dispositivos Echo. Muitas pessoas começaram a ouvir suas emissoras de rádio favoritas através dela.

Alexa é o nome da assistente virtual da Amazon, introduzida em 2014 com a Echo, sua primeira caixa de som inteligente.

Você só precisa de uma palavra de ativação para despertar a assistente e depois pedir o comando.  Essa palavra de ativação pode ser configurada para “Alexa”, “Amazon” ou “Echo”. Assim, os microfones ficam sempre atentos para ouvir se o usuário vai executar um comando.

Sucesso em muitos lares e empresas, a Alexa trouxe uma novidade apresentada pela Amazon. Trata-se de um recurso que permite a assistente virtual imitar a voz de pessoas que já faleceram.

Rohit Prasa, cientista-chefe para Alexa IA da empresa, ficou responsável em fazer a demonstração dessa função, durante a conferência anual MARS e deixou muita gente intrigada.

Embora a dor da perda seja grande, a IA consegue através da voz da pessoa que faleceu, manter viva suas memórias.

Sistema IA

Um vídeo mostrou um garotinho pedindo para a Alexa ler o livro “O Mágico de Oz” na voz de sua falecida avó. Algo que a IA consegue fazer com grande facilidade.

Foi uma apresentação rápida, mas deixou muita gente curiosa, despertando vários sentimentos. O cientista ressaltou que ter atributos humanos na Alexa e em outras inteligências artificiais é importante, ainda mais em épocas de pandemia, pois muitos perderam alguém que amam.

Na verdade, o que acontece é que os sistemas da IA conseguem aprender a imitar a voz de um indivíduo com apenas um minuto de áudio gravado. De acordo com Prasa, não seria nada complicado para uma pessoa fazer diferentes usos para uma mensagem de voz, seja de alguém falecido ou não.

No entanto, a Amazon não deixou claro se essa função será disponibilizada para outros usuários.

Esse tipo de artifício, não é nenhuma novidade, indústrias como a de videogames e do cinema fazem uso do chamado “audio deepfakes” há bastante tempo.

Por outro lado, a Amazon não confirmou em momento algum se essa função será disponibilizada para os usuários. Pode ser algo focado em testes ou para ser usado em outras ferramentas da Alexa, por exemplo. Nesse caso, vamos precisar aguardar por novidades.

O que o IA irá fazer é gerar uma voz sintética que imita a voz de uma outra pessoa. Muitos podem não gostar de ter a voz de um ente falecido sendo reproduzido dessa maneira.

Mas, para isso tornar uma febre pouco custa, já que a Amazon tem grande popularidade, o que a faz ditar as regras no quesito tecnologia.

Original de Clique Vida

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Uberlândia, MG
25°
Tempo limpo

Mín. 14° Máx. 27°

24° Sensação
5.14km/h Vento
31% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
06h45 Nascer do sol
05h52 Pôr do sol
Qua 28° 15°
Qui 29° 15°
Sex 30° 16°
Sáb 29° 17°
Dom 29° 16°
Atualizado às 14h45
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,43 -0,22%
Euro
R$ 5,92 -0,17%
Peso Argentino
R$ 0,01 -0,19%
Bitcoin
R$ 373,870,42 +2,11%
Ibovespa
129,082,63 pts -0.18%
Publicidade
Publicidade