19°C 32°C
São Paulo, SP
Publicidade

Banking as a Service ou banco digital? Conheça as principais diferenças!

Banking as a Service ou banco digital? Conheça as principais diferenças!

13/09/2022 às 02h00 Atualizada em 13/09/2022 às 05h00
Por: Leonardo Grandchamp
Compartilhe:

Ir ao banco para pagar contas e checar o extrato é um hábito forte para uma parcela significativa de brasileiros, mas que está em vias de desaparecer no futuro. Antes reticente ao avanço da tecnologia, o mercado financeiro como um todo se digitalizou rapidamente nos últimos anos – a ponto de outras empresas também oferecerem serviços bancários, como abertura de contas e pagamento de boletos.  

Segundo a pesquisa Febraban de Tecnologia Bancária 2022, nove em cada dez bancos (91%) admitem que atualmente os canais digitais são os principais meios de relacionamento com seus clientes. Esse cenário de transformação fez com que novos modelos surgissem, como os bancos digitais e o Banking as a Service. Mas o que eles oferecem? Quais são suas características? Confira:  

Banco digital agiliza, mas ainda é um “banco” 

Em um cenário de evolução tecnológica, os bancos digitais representaram um movimento inicial de digitalização dos serviços financeiros. Oficialmente, são permitidos desde abril de 2016, após regulamentação do Conselho Monetário Nacional (CMN) para a abertura de contas de forma virtual – ainda que muitos bancos que hoje operam digitalmente já existiam antes disso.  

A lógica é a mesma das instituições tradicionais; a diferença é que os bancos digitais operam totalmente on-line. Ou seja, não há agências físicas com gerentes e funcionários. Tudo é feito pela internet, como abertura e fechamento de contas, acesso a crédito, solicitação de cartões, transferências, pagamento de boletos, atendimento, entre outros serviços.  

Sem a estrutura física, o custo operacional dessas instituições financeiras é bem menor, o que permite oferecer serviços com taxas bem mais em conta do que os bancos tradicionais. Entretanto, ainda são bancos, ou seja, há custos para as empresas que dependem de serviços bancários no relacionamento com os clientes.  

Banking as a Service traz o banco para dentro da empresa  

Mas e se fosse possível trazer essa estrutura do banco digital para dentro de uma empresa? É com essa pergunta que surgiu a proposta do Banking as a Service. Nada mais é do que um conjunto de tecnologias que levam os serviços bancários, como abertura de contas, concessão de crédito e pagamento de contas para empresas de outros setores.  

Isso mesmo: organizações que não atuam no sistema financeiro, como distribuidoras de energia elétrica, instituições educacionais e redes varejistas. O objetivo, claro, é engajar ainda mais a rede de clientes, oferecendo mais valor para além do seu modelo tradicional de negócio.  

Isso é possível por meio de APIs (interface de programação de aplicações) que conectam a empresa que busca contratar o serviço com a provedora da solução financeira. Na prática, a companhia consegue criar produtos financeiros customizados, como cartões de lojas, contas digitais para pagamentos, entre outras facilidades, proporcionando uma experiência completa para seus usuários.   

Conceitos se complementam e garantem eficiência 

Diferentemente do que muitos pensam, a atuação dos bancos digitais e a proposta do Banking as a Service não são conflitantes. Pelo contrário, são complementares no mercado financeiro. Ambos trazem mais eficiência e agilidade para um setor que necessitava de projetos inovadores. Enquanto os primeiros digitalizaram os processos bancários, o segundo possibilitou mais democratização com a entrada de players que, a princípio, não faziam parte dessa área. 

Quem ganha com isso são os próprios consumidores, que passam a ter melhores opções de serviços financeiros à disposição. Em um país onde o número de pessoas desbancarizadas ainda é elevado, garantir que essa parcela tenha acesso ao segmento é uma forma de engajar e impulsionar o mercado como um todo. 

Por Marilyn Hahn, COO e co-fundadora do Bankly, solução de Banking as a Service que descentraliza a oferta de serviços financeiros no país – e-mail

O Bankly é uma plataforma de Banking as a Service com sua própria licença bancária.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
São Paulo, SP
21°
Tempo limpo

Mín. 19° Máx. 32°

21° Sensação
2.06km/h Vento
83% Umidade
40% (1.91mm) Chance de chuva
06h03 Nascer do sol
06h32 Pôr do sol
Ter 31° 20°
Qua 26° 20°
Qui 27° 20°
Sex 28° 21°
Sáb 29° 21°
Atualizado às 07h08
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 4,95 -0,11%
Euro
R$ 5,37 -0,03%
Peso Argentino
R$ 0,01 -0,58%
Bitcoin
R$ 342,617,46 +3,88%
Ibovespa
129,180,37 pts 0.12%
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade