16°C 29°C
Uberlândia, MG
Publicidade

Quais são os tipos de Livros Fiscais e sua importância

Quais são os tipos de Livros Fiscais e sua importância

25/11/2022 às 14h27 Atualizada em 25/11/2022 às 17h27
Por: Ana Luzia Rodrigues
Compartilhe:

Um dos pontos fundamentais de uma empresa é ter sua contabilidade organizada e em conformidade com a legislação, além de ser muito importante conhecer toda a documentação fiscal. Bom, e para que isso ocorra, contar com os livros fiscais é essencial. 

Continua após a publicidade

Sendo assim, estar com todos os livros fiscais atualizados e regularizados, auxilia a gestão, além de evitar diversos problemas.  

O que são Livros Fiscais?  

Livros fiscais são relatórios responsáveis pela apresentação dos registros fiscais de entradas, saídas, serviços, apurações dos tributos, controle de estoques, entre outros.   

Eles são exigidos pelos órgãos fiscais municipais, estaduais e federais, e por meio deles é possível obter todas as informações fiscais da organização.  

Sendo assim, a obrigatoriedade do livro fiscal em uma empresa vai depender do regime tributário escolhido. Dentre os livros fiscais estão:

Continua após a publicidade
  • Registro de Entradas; 
  • Registro de Saídas;
  • Registro de Controle da Produção e do Estoque; 
  • Registro de Impressão de Documentos Fiscais; 
  • Registro de Inventário;
  • Registro de Apuração de ICMS; 
  • Livro de Movimentação de Combustível (LMC) e Controle de ICMS do Ativo Permanente (CIAP).

Leia também: Escrituração Contábil Digital: 7 dúvidas comuns sobre a ECD

O que trata cada livro fiscal

Os livros fiscais exigidos pelo Fisco variam de acordo com o enquadramento da empresa. Confira alguns livros fiscais obrigatórios e a sua função:

Registro de entradas – neste livro registra-se a escrituração dos documentos fiscais relacionados às entradas de bens. Bem como de mercadorias e serviços. Este livro é obrigatório para empresas contribuintes do ICMS.

Registro de saídas – livro onde ocorrem os lançamentos das saídas de mercadorias do estabelecimento.

Continua após a publicidade

Registro De Controle E Produção De Estoque - O livro destina-se à escrituração dos documentos fiscais e dos documentos de uso interno do estabelecimento, correspondentes às entradas e às saídas, à produção, bem como às quantidades referentes aos estoques de mercadorias.

Registro de impressão de documentos fiscais – este livro contém todos os documentos impressos pela empresa.

Registro de inventário – onde constam os lançamentos todas as mercadorias que estão no estoque, quando é feito o levantamento da empresa.

Registro de apuração de ICMS – onde são inventariados os valores contábeis e fiscais, nas operações de entrada e saída relacionadas ao Imposto de Circulação de Mercadorias e Serviços.

Livro de Movimentação de Combustíveis  - Entre as suas características estão: ser efetuado diariamente, ter no mínimo 100 páginas; os campos do LMC podem ser redimensionados, pode ser utilizado o formulário contínuo em substituição ao LMC, deve ser autenticado pela Secretaria da Fazenda e não pode conter emendas ou rasuras.

Dispensa de Livros 

Os livros poderão ser dispensados. Seja no todo ou em parte, pelo ente tributante da circunscrição fiscal do estabelecimento do contribuinte. Entretanto, desde que respeitados os limites de suas respectivas competências.

 Ou seja, o empreendedor individual com receita bruta acumulada no ano de até R$ 36.000,00 fica dispensado das obrigações de escriturar os livros fiscais. 

Leia também: É preciso ter escrituração contábil nas empresas do Simples Nacional?

Como o SPED contribui para a elaboração do livro fiscal?

Por meio do SPED, a tarefa de registrar as informações é facilitada e otimizada. Este sistema foi idealizado pelo governo e oferece os seguintes serviços:

  • Escrituração Fiscal Digital
  • Escrituração Contábil Digital
  • Escrituração Financeira
  • Nota fiscal eletrônica.

Ele simplifica o processo de emissão de informações ao Fisco e reduz o uso do papel, então tanto os órgãos federais quanto a própria empresa se beneficiam com o SPED. 

Para o governo, o processo de verificação de informações se torna mais fácil e, para a empresa, é possível utilizar as informações de armazenamento para auxiliar na atualização do livro fiscal.

Por fim, salientamos que a manutenção das atividades de uma empresa depende diretamente da organização fiscal e contábil, tendo em vista que qualquer problema nesta área pode impactar na empresa como um todo.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Uberlândia, MG
22°
Tempo limpo

Mín. 16° Máx. 29°

22° Sensação
2.06km/h Vento
53% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
06h34 Nascer do sol
05h45 Pôr do sol
Seg 30° 17°
Ter 30° 18°
Qua 29° 17°
Qui 31° 17°
Sex ° °
Atualizado às 23h07
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,10 +0,00%
Euro
R$ 5,56 +0,00%
Peso Argentino
R$ 0,01 -0,55%
Bitcoin
R$ 362,661,76 +0,21%
Ibovespa
128,150,71 pts -0.1%
Publicidade
Publicidade