15°C 29°C
Uberlândia, MG
Publicidade

Bolsa Família será depositado no Caixa Tem em Janeiro

Bolsa Família será depositado no Caixa Tem em Janeiro

31/12/2022 às 14h19 Atualizada em 31/12/2022 às 17h19
Por: Jorge Roberto Wrigt
Compartilhe:

O Bolsa Família vai substituir o Auxílio Brasil a partir de janeiro de 2023. A Caixa Econômica Federal e o Ministério da Cidadania já liberaram o calendário de pagamento que deve começar a ser feito a partir do dia 18. O repasse será depositado na conta digital do Caixa Tem.

Continua após a publicidade

Os pagamentos serão feitos nos últimos dez dias úteis de cada mês, de acordo com o número final do NIS do beneficiário.

O valor do Auxílio continuará sendo de R$ 600 e mais um adicional de R$ 150 por cada família que tenha na sua composição crianças de até seis anos. 

Leia Também: CNH 2023: veja todas as mudanças!

De acordo com a Caixa, o calendário ainda é o do Auxílio Brasil. O motivo está no fato de que o benefício só voltará a se chamar Bolsa Família a partir de 2023, quando o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) assinar a MP (Medida Provisória) que vai autorizar a mudança de nome.

Continua após a publicidade

O beneficiário deve ficar atento, pois, apesar da mudança de nome, o calendário para saque deve continuar o mesmo, uma vez que a mudança não faz parte das prioridades do governo.

Confira o calendário de pagamento - Janeiro de 2023

  • NIS de final 1: 18 de janeiro
  • NIS de final 2: 19 de janeiro
  • NIS de final 3: 20 de janeiro
  • NIS de final 4: 23 de janeiro
  • NIS de final 5: 24 de janeiro
  • NIS de final 6: 25 de janeiro
  • NIS de final 7: 26 de janeiro
  • NIS de final 8: 27 de janeiro
  • NIS de final 9: 30 de janeiro
  • NIS de final 0: 31 de janeiro

Regras antigas que vão voltar

Além da volta do nome Bolsa Família, regras antigas serão exigidas novamente. Sendo assim, para ter direito ao benefício será preciso:

  • Crianças e adolescentes dependentes devem ter a carteira de vacinação em dia;
  • Crianças e adolescentes dependentes devem estar matriculados na escola e ter frequência escolar igual ou superior a 85%;
  • Gestantes devem fazer acompanhamento pré-natal;
  • Lactantes e crianças em estado de trabalho infantil devem receber acompanhamento.

A família deve estar cadastrada no Cadastro Único de Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) e seus dados devem estar atualizados.

Leia Também: STF valida duas aposentadorias em cargos acumuláveis. Confira!

Continua após a publicidade

Pente-fino

Tudo indica que haverá em 2023 um novo pente-fino para avaliar as famílias que recebem o benefício. A revisão foi confirmada pelo futuro ministro do Desenvolvimento, Assistência Social, Família e Combate à Fome, Wellington Dias (PT-PI). Dias afirmou que existem vários indícios de fraude no cadastro dos beneficiários.

Ele também lembrou que muitas famílias que necessitam dos valores ainda não foram contempladas. O futuro ministro disse que o objetivo deste pente-fino é manter o Bolsa Família válido e mais criterioso.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Uberlândia, MG
23°
Tempo limpo

Mín. 15° Máx. 29°

23° Sensação
7.2km/h Vento
56% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
06h36 Nascer do sol
05h44 Pôr do sol
Sex 30° 17°
Sáb 30° 18°
Dom 30° 16°
Seg 30° 18°
Ter 26° 15°
Atualizado às 11h07
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,15 -0,03%
Euro
R$ 5,58 -0,03%
Peso Argentino
R$ 0,01 -0,21%
Bitcoin
R$ 372,133,07 -1,55%
Ibovespa
124,699,29 pts -0.76%
Publicidade
Publicidade