18°C 28°C
Uberlândia, MG

Novo diretor-geral da PF afirma que não permitirá interferências em sua atuação

Novo diretor-geral da PF afirma que não permitirá interferências em sua atuação

10/01/2023 às 15h41 Atualizada em 10/01/2023 às 18h41
Por: Esther Vasconcelos
Compartilhe:
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Nesta terça-feira (10), tomou posse como diretor-geral da PF, o delegado Andrei Augusto Passos Rodrigues, em seu discurso ele prometeu que não irá permitir interferências ou pressões de agentes públicos em sua atuação.

Continua após a publicidade

"Absolutamente nenhum desvio de finalidade será tolerado", afirmou. O novo diretor, também citou os atos terroristas de apoiadores de Bolsonaro na capital, neste domingo (8).

Participaram da solenidade o ministro do STF Alexandre de Moraes o ministro da Justiça, Flávio Dino, e o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco.

Leia Também: Decreto de intervenção federal do DF é aprovado pelo Senado

Ataques a democracia

Ao falar sobre o atentado de domingo (8), Rodrigues, afirmou que a polícia judiciária da União é a responsáveis pela apuração das infrações penais contra a ordem política brasileira.

Continua após a publicidade

Ele afirmou que a PF atuará com "muita firmeza e nos estritos termos da lei", e ressalta que aqueles que praticaram crimes ou se omitiram durante a invasão a Brasília, serão responsabilizados.

O diretor, disse que no limite das suas responsabilidades, a polícia federal não irá tolerar ataques à democracia. Ele lembrou que a PF seguirá eu papel de instituição de estado com grande senso de responsabilidade e fiéis aos princípios e valores da Constituição de 1988.

Leia Também: Confira como foram as manifestações pró-democracia pelo país

Violência virtual

Rodrigues, citou que a "violência virtual mostrou sua face real e materializou-se perigosamente diante de todos nós", também se referindo aos ataques aos poderes em Brasília.

Continua após a publicidade

Ele afirma que as palavras de ódio se concretizaram em ações, contudo nossas instituições resistiram. Ele lembra que a desinformação em massa, manipulação, ameaças e ações terroristas não foram suficientes para intimidarem os órgãos responsáveis pela guarda da Constituição Federal que garantiram que a soberania popular fosse respeitada.

O novo diretor também afirmou que terá como desafio especialmente o combate as fake news e a disseminação criminosa da mentira no mundo digital.

Ele fez questão de ressaltar que esse combate será feito não apenas porque se insere na gama de atribuições legais da Polícia Federal, mas também pela sua nocividade demonstrada nos últimos acontecimentos.

Leia Também: Decreto de Intervenção Federal assinado por Lula será votado hoje

Alexandre de Moraes

Durante seu discurso o novo diretor-geral se referiu ao STF (Supremo Tribunal Federal) e ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral), ele afirma que ambas as cortes tiveram “olhar atento e ação firme”.

Ele também mencionou em especial o Ministro Alexandre de Moraes, que logo mais também discursou e demonstrou seu contentamento com a posse de Rodrigues.

Em seu discurso Moraes ressaltou que as instituições não são feitas somente de mármore, cadeiras, mesas, mais sim de pessoas, coragem e cumprimento da lei.

Ele ressaltou que os terroristas que fizeram a invasão no domingo serão punidos e as instituições não irão fraquejar e sim punir todos os responsáveis, incluído os que praticaram, planejaram, financiaram e incentivaram os atos, por ação ou omissão, e afirmou que a democracia vai prevalecer.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Uberlândia, MG
29°
Parcialmente nublado

Mín. 18° Máx. 28°

30° Sensação
2.57km/h Vento
51% Umidade
75% (0.69mm) Chance de chuva
06h24 Nascer do sol
05h59 Pôr do sol
Sáb 28° 19°
Dom 27° 20°
Seg 28° 20°
Ter 29° 21°
Qua 29° 18°
Atualizado às 15h29
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,20 -0,83%
Euro
R$ 5,54 -0,74%
Peso Argentino
R$ 0,01 -0,50%
Bitcoin
R$ 352,975,71 +0,90%
Ibovespa
125,124,30 pts 0.75%