14°C 28°C
Uberlândia, MG
Publicidade

DCTFWeb: Receita emite comunicado sobre deduções e retenções no IR

DCTFWeb: Receita emite comunicado sobre deduções e retenções no IR

11/09/2023 às 10h10 Atualizada em 11/09/2023 às 13h10
Por: Ana Luzia Rodrigues
Compartilhe:
Imagem por @albertyurolaits / freepik / editado por Jornal Contábil
Imagem por @albertyurolaits / freepik / editado por Jornal Contábil

A Secretaria Especial da Receita Federal do Brasil (RFB) implantou, para os períodos de apuração de setembro de 2023 em diante, uma nova crítica que impedirá que o salário-família, o salário-maternidade e as retenções previstas na Lei nº 9.711/1998 sejam deduzidos do IRRF declarado em DCTFWeb.

Desta forma, a partir do período de apuração 09/2023, a nova crítica restringirá as deduções supracitadas às contribuições previdenciárias.

Importante ressaltar que a restrição em comento não se aplica às declarações referentes aos períodos anteriores a setembro de 2023 (de 05/2023 a 08/2023), ainda que transmitidas posteriormente à implantação da crítica.

Clique aqui para mais informações sobre a DCTFWeb.

Leia também: Entenda A Substituição Da DCTF Pela DCTFWeb. O Que Já Mudou?

O que é a DCTFWeb?

A DCTFWeb é a Declaração de Débitos e Créditos Tributários Federais Previdenciários e de Outras Entidades e Fundos. Trata-se da obrigação tributária acessória por meio da qual o contribuinte confessa débitos de contribuições previdenciárias e de contribuições destinadas a terceiros. 

DCTFWeb é também o nome dado ao sistema utilizado para editar a declaração, transmiti-la e gerar o documento de arrecadação. A informação prestada na DCTFWeb tem caráter declaratório, constituindo confissão de dívida. 

Gera-se a DCTFWeb a partir das informações prestadas nas escriturações digitais integrantes do Sistema Público de Escrituração Digital (SPED) e no Serviço Eletrônico para Aferição de Obras (Sero).

Prazo de envio DCTFWeb

O prazo para apresentar a DCTFWeb, de regra, tem periodicidade mensal e deve ocorrer pela Internet até o dia 15 do mês seguinte ao da ocorrência dos fatos geradores.

Todavia, caso o dia 15 não seja dia útil, a apresentação deverá se anteceder para o dia útil imediatamente anterior.

Qual o valor da multa em caso de atraso? 

O valor da multa pelo atraso é de 2% ao mês, sobre o total de contribuições informadas. Mesmo que tenham sido pagas, limitado a 20% desse montante. A multa mínima é de R$ 200,00 para DCTFWeb sem movimento (quando não há fato gerador de tributos) e de R$ 500,00 nos demais casos.

Se houver erros ou a declaração não for entregue (omissão), o contribuinte receberá intimação para corrigir os erros ou enviar a DCTFWeb, respectivamente.

Leia também: GFIP: Como Fica Após A Substituição Pela DCTFWeb?

Descontos ou reduções no valor da multa  

  1. A multa terá redução em 50% se o envio da declaração ocorrer antes de qualquer procedimento de ofício, como o recebimento de intimação fiscal, por exemplo. 
  2. A multa terá redução em 25%, se a apresentação da declaração for dentro do prazo que está na intimação.  
  3. Porém, no caso do contribuinte MEI, a multa tem redução de 90%. Para as micro e pequenas empresas optantes pelo Simples Nacional, o valor cai pela metade (50%). 
  4. Por fim, se o pagamento da multa ocorrer dentro de 30 dias, o contribuinte ainda conta com um desconto de 50% no DARF. 
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Uberlândia, MG
22°
Tempo limpo

Mín. 14° Máx. 28°

21° Sensação
3.6km/h Vento
46% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
06h45 Nascer do sol
05h44 Pôr do sol
Dom 29° 15°
Seg 30° 17°
Ter 31° 17°
Qua 30° 17°
Qui 31° 17°
Atualizado às 19h06
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,43 +0,00%
Euro
R$ 5,81 0,00%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,13%
Bitcoin
R$ 371,014,85 +0,89%
Ibovespa
121,341,13 pts 0.74%
Publicidade
Publicidade