18°C 27°C
Uberlândia, MG

Domine a demanda sazonal: veja as principais estratégias e se programe

Já ouviu falar em demanda sazonal? Saiba o que significa o termo, qual a importância para as empresas e como se preparar para as oscilações do mercado

03/03/2024 às 13h16 Atualizada em 20/03/2024 às 20h08
Por: Leonardo Grandchamp
Compartilhe:
Demanda Sazonal / Imagem freepik
Demanda Sazonal / Imagem freepik

A produção das empresas, normalmente, está relacionada à quantidade de produtos e serviços solicitados pelos clientes durante um período. Entretanto, a demanda sazonal traz desafios para as organizações porque altera o comportamento de consumo e exige adaptações.

Continua após a publicidade

Essas mudanças podem ocorrer por diversos motivos, como datas comemorativas ou períodos nos quais os consumidores possuem outras preocupações financeiras. Seja qual for a causa, é papel dos gestores das empresas desenvolverem estratégias para saber como lidar com a demanda sazonal.

Neste artigo, serão abordados todos os detalhes sobre a demanda sazonal, qual a importância de se preparar para enfrentá-la e quais são as principais estratégias que as empresas podem utilizar. Os tópicos discutidos serão:

  • O que é demanda sazonal?
  • Como funciona a demanda sazonal?
  • Qual o impacto da demanda sazonal para a empresa?
  • Quais são as principais estratégias para lidar com a demanda sazonal?
  • Quais são os benefícios de se programar para lidar com a demanda sazonal?
  • Qual o papel do RH para ajudar a gerir a demanda sazonal?

Quer saber mais? Então, continue a leitura!

O que é demanda sazonal?

Demanda sazonal consiste nas variações periódicas na procura do consumidor por serviços ou produtos. Normalmente, essas alterações podem ser previstas e estão relacionadas a datas comemorativas, mudanças climáticas, feriados e outras situações recorrentes. 

Continua após a publicidade

As mudanças na demanda de vendas exigem que as empresas desenvolvam estratégias para ajustar a produção a fim de evitar prejuízos financeiros ou queda na qualidade do serviço oferecido ao consumidor. 

As demandas sazonais podem tanto aumentar o número de vendas como diminuir drasticamente o consumo. Por isso, é importante que as empresas estudem esses períodos para estarem preparadas e possuírem uma reserva financeira para lidar com os custos do negócio nos momentos de baixa.

O período de festas de final de ano, por exemplo, é uma época que movimenta diversos setores, como os da indústria têxtil e de brinquedos, e o alimentício. Logo, é indispensável que as organizações desses segmentos se preparem para atender a demanda e aumentar a margem de lucro do negócio.

Leia também: Lista de 5 dicas para otimizar o seu controle de recebíveis!

Continua após a publicidade

Como funciona a demanda sazonal?

A demanda sazonal sofre influência de diversos fatores recorrentes ao longo do ano, o que ocasiona mudanças no comportamento do consumidor e na procura por serviços ou produtos. 

Como já citado, esses fatores são muitos, como mudança de estação, datas comemorativas e outros eventos. De maneira geral, quando há alta demanda sazonal, a procura aumenta e as empresas vendem mais. Sendo assim, precisam criar estratégias para conseguir atender aos clientes.

Entre as ações que as empresas podem fazer para lidar com a alta demanda está aumentar a capacidade de produção e o estoque, além de realizar estratégias de marketing que ampliem ainda mais a procura pelos produtos.

Por outro lado, quando há baixa na demanda, os clientes consomem menos e, portanto, as organizações precisam ajustar a operação para não ter perdas financeiras. Neste caso, o importante é fazer a gestão do estoque e a otimização de recursos. 

Quais são as principais épocas de demanda sazonal?

As épocas de demanda sazonal são diversas e podem variar conforme o setor das empresas, assim como pela localização geográfica. Porém, alguns desses períodos funcionam para vários segmentos e movimentam as organizações de todo o mundo. 

O Natal e o Ano Novo, comemorados em todo o mundo, movimentam o varejo, assim como aumentam a produção das indústrias têxtil e alimentar. Outro exemplo é a volta às aulas, que aumenta a procura por materiais escolares.

As estações do ano também são importantes épocas para a demanda sazonal, pois há aumento na procura por itens de verão, como roupas de banho e cadeiras de praia, ou de inverno, como casacos e cobertores.

A demanda sazonal também impacta o setor de serviços, especialmente as empresas voltadas ao turismo. Férias escolares e feriados prolongados aumentam a procura por passagens aéreas, hospedagem e ingresso de atrações turísticas.

A Páscoa, por exemplo, traz um enorme aumento da procura de chocolate e, além de exigir uma alta na produção, também traz a necessidade de inovação e criação de novos produtos, como os ovos de páscoa.

No Brasil, outras datas sazonais bastante importantes são o Dia das Mães, Dia dos Namorados e Dia dos Pais, pois os consumidores tendem a comemorar essas datas presenteando as pessoas queridas. 

Em resumo, cada segmento pode enfrentar suas próprias demandas sazonais e deve se preparar para atuar da maneira mais adequada para o sucesso do negócio. 

Leia também: FGTS Digital entrou em vigor

Qual o impacto da demanda sazonal para a empresa?

As empresas podem sofrer diversos impactos das demandas sazonais, sejam eles positivos ou negativos. Essas consequências dependerão especialmente do planejamento das organizações para cada período. 

Os benefícios dos períodos sazonais estão relacionados principalmente ao aumento das vendas de produtos e, consequentemente, da lucratividade do negócio, já que o faturamento tende a aumentar. 

Entretanto, a alta demanda exige que as empresas aumentem a linha de produção dos produtos, façam uma boa gestão de estoque e que estejam preparadas para fazer um bom atendimento ao cliente. 

Caso contrário, os impactos podem ser negativos, como insatisfação dos clientes, falta de produtos no estoque e até mesmo atraso nas entregas. 

Já nos momentos de baixa demanda, as organizações enfrentam desafios diferentes e precisam se adaptar a problemas diferentes, como baixo faturamento, custos desnecessários e diminuição dos recursos financeiros. 

Com o intuito de diminuir esses impactos da queda na procura por produtos e serviços, as empresas precisam tomar atitudes para proteger a gestão financeira do negócio durante esses períodos. Essas ações englobam uma eficiente gestão de estoque, diminuição nos custos da operação e atividades para atrair os clientes. 

Quais são as principais estratégias para lidar com a demanda sazonal?

As demandas sazonais não podem ser vistas pelas empresas como algo negativo. Pelo contrário, ao entender como funciona cada segmento, os gestores podem fazer um planejamento antecipado sobre as principais estratégias para lidar com as alterações do mercado.

A seguir, confira as principais estratégias para lidar com a demanda sazonal: 

Diversificação de produtos e serviços

Uma das formas para diminuir os impactos das demandas sazonais é realizar a diversificação de produtos e serviços. Isso significa que as empresas devem buscar opções que ofereçam benefícios para os consumidores em todo o ano, mesmo que sua especialidade favoreça mais um período a outro.

Desta maneira, é possível reduzir os efeitos das alterações do mercado e manter um fluxo adequado da receita do negócio. Ter uma baixa variedade de produtos e serviços, além de diminuir a competitividade, também coloca em risco o faturamento quando houver baixa demanda. 

Gerenciamento de produção e estoque

O planejamento da capacidade de produção e a gestão do estoque também são essenciais para minimizar os impactos da demanda sazonal. Como falado anteriormente, cada setor enfrenta períodos específicos, e algumas datas sazonais são comuns a todo mercado.

Sendo assim, é possível que as empresas consigam fazer uma antecipação sobre as flutuações na procura por serviços e produtos e, portanto, ajustar os estoques de acordo com essa tendência no comportamento do consumidor.

Durante a alta demanda, é necessário aumentar a produção e atuar com um estoque maior, assim não haverá escassez de produtos. Por outro lado, na baixa demanda, deve-se evitar manter um estoque alto, para economizar com gastos de armazenamento e até evitar perder produtos fora da validade. 

Contratações temporárias

Outra estratégia bastante utilizada para lidar com o aumento da demanda é fazer a contratação temporária de novos colaboradores. Assim, a força de trabalho é ajustada conforme a necessidade de produção. 

Isso possibilita que a empresa não precise manter um alto número de funcionários durante todo o ano, ajustando seu quadro de colaboradores apenas quando existe a necessidade de aumentar o fluxo de trabalho. 

A contratação temporária, permitida pela legislação trabalhista brasileira, ajuda tanto no aumento da produção de produtos quanto no atendimento ao cliente, mantendo a qualidade do serviço oferecido mesmo nos períodos mais movimentados. 

Quais são os benefícios de se programar para lidar com a demanda sazonal?

O planejamento para a demanda sazonal é primordial para o sucesso de qualquer negócio, e se programar para lidar com as movimentações do mercado deve ser uma das prioridades da gestão empresarial. 

A programação traz diversos benefícios para as empresas. Os principais são: 

Maior satisfação do cliente

O planejamento para lidar com as demandas sazonais é especialmente importante para a experiência do cliente, afinal, a satisfação do consumidor é o primeiro passo para o sucesso de um negócio. 

Assim, ao saber lidar com as constantes alterações sazonais da demanda, as empresas garantem o fornecimento constante de seus produtos, o que permite que os consumidores sempre encontrem os serviços e produtos que procuram.

Ao evitar a escassez e o atraso nas entregas, a satisfação do cliente é garantida. Essa relação de confiança impacta diretamente a reputação da marca e, consequentemente, a fidelização dos consumidores. 

Além disso, a variedade de produtos conforme as datas sazonais também demonstra que as empresas conhecem e estão atentas às necessidades de seus clientes.

Maior previsibilidade financeira e estabilidade

A preparação para lidar com a demanda sazonal também traz benefícios para a gestão financeira das empresas. Saber como o consumidor se comporta em determinados períodos permite que as organizações façam um planejamento orçamentário, distribuindo os custos de operação e investimentos considerando os ganhos previstos em cada momento.

Além disso, também possibilita que as empresas façam uma reserva de recursos para os períodos em que a previsão de faturamento é menor, assim como invistam na redução de custos desnecessários. Outro caminho é fazer negociação com fornecedores buscando melhores condições para lidar com a alta demanda. 

Aproveitamento de oportunidades de mercado

Conhecer os períodos de demandas sazonais permite que as empresas reconheçam as oportunidades que o mercado oferece e façam o melhor proveito das épocas de maior procura pelos seus produtos e serviços. 

Esse conhecimento possibilita a criação de estratégias específicas para atrair clientes fiéis e novos consumidores, como o lançamento de produtos e estratégias de marketing, aumentando o consumo nesses períodos. 

Saber aproveitar as demandas sazonais é importante para o negócio, mas também para a satisfação do cliente, que costuma buscar por novidades todos os anos. Além disso, como citado, possuir uma variedade de produtos, que atenda os consumidores em vários momentos diferentes, aumenta a competitividade e demonstra o potencial de inovação do negócio.

Qual o papel do RH para ajudar a gerir a demanda sazonal?

O setor de Recursos Humanos (RH) pode apoiar a gestão empresarial em diversos pontos relacionados à demanda sazonal, a fim de construir uma estratégia eficaz para os períodos de flutuação na procura por serviços e produtos. 

Primeiramente, os profissionais de RH têm o papel de cuidar da gestão de pessoas e apoiar os departamentos na contratação temporária de colaboradores. Assim, após a identificação antecipada da necessidade de contratação, o setor deve buscar os melhores talentos e finalizar a seleção a tempo de atender às necessidades da empresa. 

Além disso, o RH também é responsável pela gestão do bem-estar dos colaboradores, sendo assim, deve ficar atento aos sinais de sobrecarga de trabalho nos períodos de alta demanda. 

Os analistas de recursos humanos devem criar práticas que melhorem a qualidade de vida dos profissionais e orientar os gestores de equipe sobre a importância de evitar a realização de horas extras em excesso, que comprometam a saúde física e mental dos colaboradores.

Conclusão

A demanda sazonal consiste na variação do mercado e na alteração do comportamento do consumidor de acordo com alguns fatores externos, como mudança na estação climática ou datas comemorativas.

Seja qual for o motivo, diversos setores enfrentam aumento ou queda na procura por seus produtos e serviços e precisam estar preparados para enfrentar essas oscilações sem comprometer a saúde financeira do negócio e sua credibilidade com o consumidor.

Para isso, é necessário criar estratégias que vão desde a gestão eficiente de estoque até a contratação de novos colaboradores.

Original de Pontotel

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Uberlândia, MG
22°
Parcialmente nublado

Mín. 18° Máx. 27°

22° Sensação
2.06km/h Vento
64% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
06h24 Nascer do sol
05h58 Pôr do sol
Seg 27° 17°
Ter 28° 20°
Qua 29° 21°
Qui 29° 18°
Sex 29° 17°
Atualizado às 21h40
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,20 +0,00%
Euro
R$ 5,55 0,00%
Peso Argentino
R$ 0,01 -0,55%
Bitcoin
R$ 356,988,55 +0,53%
Ibovespa
125,124,30 pts 0.75%