O que esperar do futuro da contabilidade?

Profissional que não acompanhar a evolução da carreira, ficará obsoleto e perderá espaço para a concorrência

Compartilhe
PUBLICIDADE

A Contabilidade é uma ciência que acompanha as mudanças que acontecem na sociedade, transformando-se e adaptando-se de acordo com as demandas da atualidade. 

Desde o seu início, a Contabilidade já passou por diversas mudanças em seus processos, visando sempre estar em sintonia com o que mercado necessita.

Dessa forma, com as novas tecnologias e relações que crescem na sociedade, é compreensível que a área também tenha que fazer modificações em seus métodos de trabalho de tempos em tempos. 

Pense bem: impressoras 3D, drones, videoconferências e realidade virtual. Esse é o mundo em que vivemos hoje! Portanto, os escritórios de contabilidade e departamentos contábeis já começam a tirar proveito dessas novas tecnologias. 

Nessa linha, é quase impossível imaginar um contador que sobreviva nos próximos anos apurando resultados sem se atualizar com a tecnologia. Tecnologia essa, que hoje está disponível ao alcance das mãos com softwares que aceleram o trabalho. 

Diante do exposto, qual será, então, o futuro da contabilidade na era digital?

6 rotinas que vão constar na contabilidade do futuro

A seguir, listamos 6 rotinas que serão inevitáveis para o profissional da área. Inclusive, algumas já são e outras começam a estar presentes. Confira!

Contabilidade 4.0

É impossível falar de futuro contábil sem mencionar este termo: contabilidade 4.0. O contador do futuro terá mais tempo de trabalho remoto, imerso em um modelo mais colaborativo do que o atual. 

A diminuição das atividades burocráticas passam a ser feitas pelos softwares e computadores, ocasionando uma mudança no comportamento do contador no mercado de trabalho.  A tendência é que esse profissional ocupe cada vez mais um papel estratégico e analítico nas empresas ou escritórios de contabilidade.

Uso da Inteligência artificial

Ainda dentro da Contabilidade 4.0 está a inteligência artificial (IA) que é uma tecnologia que simula a inteligência humana. Sendo assim, é capaz de realizar os cálculos de tributos, gestão dos documentos fiscais, realização de auditorias, entre outras atividades da Contabilidade. 

Inserir a IA na rotina contábil é a garantia de obter processos mais otimizados, executando ações que levariam horas em poucos minutos. Os escritórios de contabilidade e os profissionais da área precisam conhecer e saber utilizar essas ferramentas para se manterem atualizados no mercado de trabalho.

Criptomoedas

Antes associadas erroneamente a fraudes fiscais, as criptomoedas representam uma verdadeira reinvenção do sistema financeiro mundial. Em 2009 surgiu o bitcoin que já foi uma alternativa para substituir o dinheiro convencional, reduzir o poder de governos e colocar em xeque a existência das instituições financeiras tradicionais.

O bitcoin é uma moeda virtual que permite sua compra e venda à margem da validação e verificação das autoridades monetárias. Depois dele, proliferaram-se novos nomes no mercado de exchanges (casas de câmbios de criptomoedas), como ixcoin, litecoin e worldcoin.

Passados cerca de 10 anos, os bancos centrais ainda não sabem ao certo como fazer a regulação dessa moeda digital. Mas se os governos não sabem o que fazer, os contadores deverão saber, com urgência, como registrar a variação de patrimônio por criptomoedas nos balanços de pessoas físicas e jurídicas. 

Todavia, com a inevitável regulação dessas moedas digitais, a tendência é que o próprio pagamento de tributos passe a ser feito por meio dessas unidades monetárias. Como criar um fluxo de controle sobre o pagamento de impostos nesse formato?

Em suma, diante de mudanças profundas na prestação de obrigações acessórias, pagamento de tributos e registros contábeis, o profissional de contabilidade precisa acompanhar essa evolução. Senão, ficará para trás e “engolido” pela concorrência.

Tecnologia Blockchain

Ao falar em criptomoedas é preciso falar em blockchain. Possivelmente aqui está uma das mudanças mais decisivas no futuro da contabilidade.

Nesse cenário, sairiam as contas manuais e os intermináveis ajustes “ativo/passivo” para dar lugar a saídas de transações compartilhadas, preenchidas eletronicamente (e em tempo real) a cada modificação de patrimônio. Ou seja, seria o fim das “partidas dobradas” em nome de um modelo de escrituração totalmente ileso a fraudes, já que uma vez registrada na cadeia de blocos, uma operação jamais pode ser modificada no blockchain.

O blockchain é um livro de registros descentralizado, uma espécie de “livro razão digital”. Esse mecanismo, originalmente criado para dar segurança a transações financeiras sem a presença de uma autoridade central, abre definitivamente as portas para uma nova forma de pensar a escrituração contábil.

Com a possibilidade de fazer contabilidade real time, reduzir as chances de erros/adulterações, além de automatizar parte do processo de auditoria, o blockchain se mostra promissor como a grande ferramenta do contador da Indústria 4.0.

Armazenamento em nuvem

Essa já é realidade em parte dos escritórios e empresas, afinal é um dos meios mais seguros de armazenamento de dados. Isso porque os arquivos e documentos digitalizados são inseridos em um servidor virtual, protegidos por sistemas de segurança, como backup automático e criptografia.

Uma das inúmeras vantagens é o acesso às informações de qualquer dispositivo, desde que haja autorização para tal. Para um escritório de contabilidade essa característica é muito relevante, uma vez que lida diretamente com dados de caráter sigiloso. Quem não acompanhar, pode perder clientes para a concorrência. 

Integração contábil

Por fim, e não menos importante, precisamos citar a integração contábil. Esse serviço permite captar os lançamentos já inseridos no ERP (sistema integrado de gestão empresarial) do cliente e importá-los para o sistema do escritório.

Com essa ação, as atividades que antes demandavam muito tempo e eram feitas de modo manual, passam a ser realizadas de maneira automática. Isso vai garantir o trabalho com dados corretos, gerando mais precisão aos trabalhos.

Apesar de não ser uma novidade na contabilidade, as integrações estão em constante evolução. Dessa forma, o mercado pode esperar por funcionalidades cada vez mais tecnológicas e precisas.

Dica Extra: Já imaginou aprender 10 anos de Prática Contábil em poucas semanas?

Conheça um dos programas mais completos do mercado que vai te ensinar tudo que um contador precisa saber no seu dia a dia contábil, como: Rotinas Fiscais, Abertura, Alteração e Encerramento de empresas, tudo sobre Imposto de Renda, MEIs, Simples Nacional, Lucro Presumido, enfim, TUDO que você precisa saber para se tornar um Profissional Contábil Qualificado.

Se você precisa de Prática Contábil, clique aqui e entenda como aprender tudo isso e se tornar um verdadeiro profissional contábil.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitarconsulte Mais informação