Relatórios contábeis são registros ordenados das informações sobre contas e movimentações relativas ao patrimônio de uma empresa. Eles também podem ser chamados de demonstrações contábeis ou relatórios financeiros.

Basicamente, eles servem para evidenciar a posição patrimonial e financeira de uma empresa, de forma organizada e confiável, sob diferentes perspectivas. É responsabilidade da Contabilidade manter esses relatórios e garantir a confiabilidade dos dados que eles guardam.

A seguir, você vai saber quais são os principais relatórios contábeis que uma empresa deve elaborar e por que eles são tão importantes.

Quais são os relatórios contábeis mais importantes?

Os relatórios contábeis mais importantes são aqueles exigidos por lei, que devem ser apresentados às autoridades. Isso deve ser feito ao fim de cada exercício social (período de 12 meses), de acordo com a escrituração contábil da empresa.

Alguns relatórios financeiros são obrigatórios para toda Pessoa Jurídica registrada no Brasil, mas outros devem ser enviados somente por alguns tipos de empresa. Apenas quem é MEI está liberado de qualquer escrituração, embora deva prestar contas com a declaração anual de faturamento.

Veja quais são os relatórios contábeis obrigatórios para as empresas no país:

  • Balanço Patrimonial (BP);
  • Demonstração do Resultado do Exercício (DRE);
  • Demonstração de Lucros ou Prejuízos Acumulados (DLPA);
  • Demonstração das Origens e Aplicações de Recurso (DOAR), obrigatória somente para Sociedades Anônimas;
  • Demonstrativo do Fluxo de Caixa (DFC), obrigatório somente para as sociedades de capital aberto ou com patrimônio líquido superior a R$ 2 milhões;
  • Demonstrativo do Valor Adicionado (DVA), obrigatório somente para as companhias abertas.

Para que servem os relatórios contábeis?

Relatórios contábeis podem ser usados para diferentes fins, tanto internos quanto externos.

Primeiramente, perceba que eles guardam informações estratégicas sobre o patrimônio e as finanças de uma empresa. Por isso, eles podem ser usados para fins gerenciais, com o objetivo de monitorar as movimentações do patrimônio, controlar a saúde financeira do negócio e ainda fazer previsões de receitas e despesas com base nas operações passadas.

Além disso, os relatórios também servem para fins externos. Enviar relatórios contábeis à Receita Federal é uma obrigação das empresas no Brasil, de acordo com a legislação e as normas do Conselho Federal de Contabilidade.

Na hora de atrair investidores, esses relatórios também costumam ser solicitados para que eles saibam a situação patrimonial da empresa. O mesmo acontece em caso de empréstimos e financiamentos, já que as instituições precisam entender a capacidade do negócio de honrar seus compromissos para facilitar o acesso ao crédito.

Como criar relatórios contábeis?

Diferentes relatórios contábeis registram as informações do patrimônio sob diferentes perspectivas.

DRE, por exemplo, apresenta as movimentações financeiras pelo regime de competência, ou seja, no momento da ocorrência do fato gerador. Já o fluxo de caixa adota o regime de caixa, que registra as entradas e saídas quando o dinheiro efetivamente entra ou sai do caixa da empresa.

cnae

Mas algumas orientações valem para todos os relatórios financeiros que a Contabilidade precisa elaborar. Veja agora as nossas dicas para isso:

Elabore um plano de contas

O plano de contas é a base para os relatórios contábeis. Ele serve para elencar todas as movimentações da empresa, em categorias e hierarquias. Para organizar suas contas, elas podem ser divididas em quatro grupos, referentes às contas patrimoniais (ativos e passivos) e às contas de resultado (receitas e despesas).

Conheça os princípios da contabilidade

Os princípios da contabilidade são diretrizes norteadoras para a atuação dos profissionais da área, com a intenção de padronizar os registros das informações contábeis. Se você é empresário, é importante conhecê-los para saber se o seu contador está seguindo os padrões.

Defina uma frequência de atualização

Os relatórios financeiros devem ser apresentados ao Fisco anualmente, ao fim de cada exercício. Porém, para mantê-los atualizados ou serem usados internamente, a empresa pode definir a frequência que for mais adequada à sua gestão. Eles podem ser atualizados a cada semana, mês ou trimestre, por exemplo. O importante é não perder a assiduidade e a fidedignidade dos dados.

Utilize um software de contabilidade online

Se ainda não sabe como fazer os registros, você pode procurar algum modelo de relatório contábil na internet. Mas procure adaptar os modelos para a realidade e as necessidades do seu negócio.

Uma dica melhor ainda é utilizar um software decontabilidade online, que já inclui módulos de demonstrações financeiras para você preencher com seus dados. Esse tipo de programa ajuda a manter as informações atualizadas por meio de integrações (com o emissor de notas fiscais, por exemplo) e envio de lembretes, além de facilitar a troca de informações com o contador.

Tenha um contador para elaborar os relatórios contábeis

Ter um contador é necessário para assinar as demonstrações financeiras obrigatórias. Mas não é só porque o profissional é exigido por lei que você deve contar com ele. O contador também pode ajudar a analisar as contas, identificar gargalos nas operações, oportunidades de economia ou contas que não estão batendo.

DICA EXTRA: O primeiro passo para contadores

Atenção você contador ou estudante de contabilidade, o trabalho para seguir com sucesso na carreira profissional é árduo, inúmeros são os desafios que vamos precisar superar nessa jornada. Mas tenha em mente que o conhecimento é o maior bem que você pode ter para conseguir conquistar qualquer que seja os seus objetivos. Exatamente por isso apresentamos para você o curso CONTADOR PROFISSIONAL NA PRÁTICA, o curso é sem enrolação, totalmente prático, você vai aprender todos os processos que um contador experiente precisa saber.

Aprenda como abrir, alterar e encerrar empresas, além da parte fiscal de empresas do Simples Nacional, Lucro Presumido e MEIs. Tenha todo o conhecimento sobre Contabilidade, Imposto de Renda, SPED e muito mais. Está é uma ótima opção para quem deseja ter todo o conhecimento que um bom contador precisa ter, quer saber mais? Então clique aqui e não perca esta oportunidade que com certeza vai transformar sua carreira profissional!

Conteúdo original Contablivre