Eles são suspeitos de receber R$ 1 milhão por mês para facilitar sonegação.
Na casa deles, polícia apreendeu R$ 7 milhões em cheques, dinheiro e joias.

Curso Formação de Empresário Contábil – Módulo Contábil/Fiscal

Trinta e três funcionários da Secretaria de Fazenda do Pará foram presos em uma operação da Polícia Civil. Eles são suspeitos de receber R$ 1 milhão por mês em propinas para facilitar a sonegação de impostos.

As fraudes ocorriam em postos de fiscalização de cinco cidades do Pará que ficam na divisa com o Tocantins e Mato Grosso.

Veja o vídeo em:http://g1.globo.com/bom-dia-brasil/noticia/2016/11/esquema-para-sonegar-impostos-no-para-tem-33-servidores-presos.html

Deixe uma resposta