Ladmir Carvalho: Alinhamento de Gestão para ganhar hegemonia

Ladmir Carvalho - Alterdata

Por Ladmir Carvalho – Diretor Executivo Alterdata Software

Uma empresa é composta de várias pessoas que têm poder de decisão diferente e que veem como prioridades coisas distintas. São aspectos ligados ao plano pessoal, uma vez que falamos de elementos subjetivos, interpretativos de cada pessoa da empresa, merecendo assim uma metodologia para lidar com a situação.

Contudo, para uma empresa não é interessante que os valores sejam pessoais e sim corporativos, para que a companhia seja um conjunto de pessoas pensando muito parecido, de tal maneira que estes valores corporativos estejam à frente dos valores individuais, que a forma de decidir seja semelhante, que o estilo de priorizar tarefas seja homogêneo.

A essência está no topo da pirâmide hierárquica, de se envolver diretamente em passar cultura para todos, fazendo reuniões de grupos de líderes para debater determinadas decisões tomadas, para analisarem em conjunto situações pontuais do grau de responsabilidade de cada líder, para decidirem juntos como passar certas mensagens e instruções para os respectivos liderados.

Na minha função de fundador da Alterdata Software tenho contato com empresários grandes e pequenos e muitas vezes já escutei o principal homem da empresa reclamar de seus subordinados sem perceber que, na verdade, a equipe está sem rumo porque este mesmo executivo não teve contato direto com cada um para discutir assuntos estratégicos.

O principal executivo ou dono da empresa precisa ter a certeza que por mais competentes que seus gerentes sejam, eles possuem formas distintas de analisar ações, não cabendo crítica a cada um sem a confiança de que possuem todas as informações para tomarem as decisões baseadas na forma de pensar do topo da hierarquia.

Desta forma, sugiro algumas ações que podem mudar este quadro:

1) Realizar reuniões quinzenais com os líderes ou, se a empresa for muito grande, com os principais líderes, para que se discutam situações reais. O principal executivo da empresa deve estar neste grupo para que todos entendam a forma de pensar e agir dele;

2) É importante que todos os líderes tenham uma lista atualizada das prioridades do seu departamento, que devem estar classificadas em ordem de urgência. O executivo deve, com esporadicidade, analisar esta lista para saber se o gerente está priorizando certo;

3) O executivo deve deixar as pessoas decidirem. Psicologicamente todos aprendem com os acertos e erros. Sendo assim, uma grande falha dos líderes é não permitir que os liderados tomem decisões para evitar riscos;

4) O executivo e os principais líderes devem ter um tempo na agenda destinado a ter contato

direto com os subordinados, devem indagar diretamente sobre o andamento dos planos de ação do setor, para neste momento se aproximar da forma que este liderado está agindo frente as situações diárias;

5) É importante que o executivo/dono não permita que os líderes abaixo dele na hierarquia trabalhem sem métodos específicos de gestão, ou seja, práticas que sejam realizadas pelos demais líderes. É muito cômodo para um empresário, contratar alguém para certo cargo de comando e deixar esta pessoa solta, pois afinal ela foi contratada para isso.

Conheça a Alterdata

Acesse: www.alterdata.com.br