Relembrando: Salários dos profissionais da área contábil serão os mais valorizados em 2016

De acordo com o Guia Salarial da Robert Half, os maiores aumentos salariais em 2016 devem ser nos holerites dos analistas na área contábil-fiscal. O percentual projetado pela consultoria é de 11%. E, ao lado de gerentes financeiros, controllers, analistas de controladoria, analistas de tesouraria e de profissionais de auditoria, os analistas contábeis-fiscais deverão ser os mais disputados no mercado de trabalho, ainda que as contratações em finanças e contabilidade tendam à estabilidade.

Os salários dos profissionais de finanças devem crescer entre 5% e 10%, em média, no próximo ano. A informação parte do relatório que acompanha o Guia Salarial 2016 produzido pela Robert Half.
 

 
O papel cada vez mais estratégico ocupado por diretores, gerentes, coordenadores e analistas financeiros, contábeis-fiscais, de finanças corporativas e de tesouraria explica a valorização mesmo na crise, segundo o documento.

Profissionais destas áreas têm sentindo menos os sinais do mau momento na economia e muitas posições financeiras estão na lista de profissões e carreiras promissoras para 2016, segundo consultorias de recrutamento consultadas por EXAME.com

Os salários dos profissionais de finanças devem crescer entre 5% e 10%, em média, no próximo ano. A informação parte do relatório que acompanha o Guia Salarial 2016 produzido pela Robert Half.

O papel cada vez mais estratégico ocupado por diretores, gerentes, coordenadores e analistas financeiros, contábeis-fiscais, de finanças corporativas e de tesouraria explica a valorização mesmo na crise, segundo o documento.

Profissionais destas áreas têm sentindo menos os sinais do mau momento na economia e muitas posições financeiras estão na lista de profissões e carreiras promissoras para 2016, segundo consultorias de recrutamento consultadas por EXAME.com.

Veja algumas projeções

CFO

Porte da empresa Salário em 2015 Salário em 2016 Variação 2015-2016
Pequena/Média 15 mil a 40 mil reais 18 mil a 40 mil reais 5,40%
Grande 30 mil a 75 mil reais 30,2 mil a 75 mil reais 0,20%

Controller

Porte da empresa Salário em 2015 Salário em 2016 Variação 2015-2016
Pequena/Média 8 mil a 25 mil reais 10 mil a 25 mil reais 6,10%
Grande 18 mil a 35 mil reais 18,2 mil a 35 mil reais 0,40%

Gerente de auditoria

Porte da empresa Salário em 2015 Salário em 2016 Variação 2015-2016
Pequena/Média sem informação sem informação sem informação
Grande 12 mil a 26 mil reais 12,1 mil a 26 mil reais 0,30%

Auditor

Porte da empresa Salário em 2015 Salário em 2016 Variação 2015-2016
Pequena/Média 3 mil a 9 mil reais 3,1 mil a 9 mil reais 0,80%
Grande 4 mil a 13 mil reais 4,1 mil a 13 mil reais 0,60%

Gerente contábil fiscal

Porte da empresa Salário em 2015 Salário em 2016 Variação 2015-2016
Pequena/Média 8 mil a 16 mil reais 10 mil a 16 mil reais 8,30%
Grande 12 mil a 26 mil reais 12,1 mil a 26 mil reais 0,30%

Coordenador contábil fiscal

Porte da empresa Salário em 2015 Salário em 2016 Variação 2015-2016
Pequena/Média 6 mil a 11 mil reais 6,1 mil a 11 mil reais 0,60%
Grande 8 mil a 14 mil reais 8,1 mil a 14 mil reais 0,40%

Analista contábil fiscal sênior

Porte da empresa Salário em 2015 Salário em 2016 Variação 2015-2016
Pequena/Média 4,5 mil a 7 mil 5 mil a 7,5 mil% 8,70%
Grande 6,5 mil a 10 mil reais 6,6 mil a 10 mil reais 0,60%

Analista contábil júnior

Porte da empresa Salário em 2015 Salário em 2016 Variação 2015-2016
Pequena/Média 2,5 mil a 3,5 mil reais 2,6 mil a 3,5 mil reais 1,70%
Grande 3 mil a 4 mil reais 3,1 mil a 4 mil reais 1,40%

Gerente de planejamento financeiro/controladoria

Porte da empresa Salário em 2015 Salário em 2016 Variação 2015-2016
Pequena/Média 9 mil a 20 mil reais 10 mil a 20 mil reais 3,40%
Grande 12 mil a 27,5 mil reais 12 mil reais a 28 mil reais 1,30%

Com Exame.com e Redação Jornal Contábil

 

 

 

2 COMENTÁRIOS

  1. Infelizmente esses salários divulgados para maioria dos profissionais é um sonho, afinal os próprios acordos coletivos do trabalho os salários estão bem aquem. Estudamos, fazemos cursos, precisamos viver contantemente a insegurança das leis que está praticamente impossível acompanhar, com as obrigações acessórias sempre para o contador executar esses salarios divulgados deveriam ser a realidade. A maioria dos contadores se propõe até a tirar notas para as empresas fazendo disso seu diferencial de trabalho. Como competir com esses profissionais?

Deixe uma resposta