Aposentadoria MEI: Saiba como funciona!

Quem faz a contribuição como MEI, precisa contribuir por no mínimo 180 meses (15 anos) com o INSS

Nos últimos anos, muitas pessoas decidiram trabalhar por conta própria. Em 2021, a abertura de pequenos negócios bateu recorde, com mais 3,9 milhões de empreendedores registrados, segundo o Sebrae. Ser o próprio chefe e alcançar o sucesso financeiro é o sonho de muita gente! Contudo, antes de decidir seguir “carreira solo”, é viável analisar todas as mudanças que chegam junto com essa decisão, como a aposentadoria, por exemplo.

Pensando nisso, Luiz Bacellar, cofundador e CEO da Saks, savetech focada na acumulação de capital, esclarece abaixo algumas das principais dúvidas a respeito da aposentadoria do microempreendedor individual.

Quais os requisitos para se aposentar como MEI?

O MEI tem direito a aposentadoria por idade ou por invalidez. A idade mínima exigida por lei é de 62 anos para mulheres e de 65 anos para homens. Além disso, é preciso ter 180 meses de contribuição, equivalente a 15 anos. Se o MEI desejar se aposentar antes, por tempo de serviço, ele pode complementar sua contribuição em 15% (saiba mais abaixo).

Quanto contribuir para garantir a aposentadoria MEI?

Quem faz a contribuição como MEI, precisa contribuir por no mínimo 180 meses (15 anos) com o INSS.

Assim como na aposentadoria tradicional, um outro requisito é a idade. Após a reforma da previdência, para as mulheres, a idade mínima é 62 anos e, para os homens, 65 anos.

Contudo, se o microempreendedor desejar se aposentar antes, por tempo de serviço, ele pode complementar sua contribuição em 15%

Trabalho CLT, posso usar minha contribuição como MEI para somar na aposentadoria?

Muitas pessoas abrem um pequeno negócio, mas seguem com seus empregos com carteira assinada.
O que acontece nesse caso é que você pode ter direito a um valor diferenciado na aposentadoria, sendo necessário complementar a taxa mensal de 5% do salário mínimo com mais 15%. Mas, não necessariamente será assim, por isso, se tiver dúvidas busque um especialista em aposentadoria.

Qual o valor da aposentadoria MEI?

A aposentadoria pelo MEI, sem a complementação, permite a remuneração de até um salário mínimo. Ao complementar sua contribuição, o valor pode chegar até ao teto do INSS, que até 2021, era de R$ 6.433,57.

Se você realmente deseja fazer um planejamento financeiro para garantir tranquilidade para a sua aposentadoria, é recomendável aderir a um plano de previdência privada, que funciona da seguinte forma: você aplica um valor mensal durante o tempo que quiser. Pode ser, por exemplo, o prazo que falta para sua aposentadoria. O valor é aplicado em um fundo de previdência privada e começa a render.

É possível fazer o resgate do valor todo de uma vez ou receber em parcelas mensais, personalizar o plano e escolher o tipo que melhor se adequa a sua realidade. Qualquer pessoa interessada pode fazer o plano, seja MEI ou não. É um excelente investimento para quem quer ter uma aposentadoria tranquila e confortável.

Dica Extra do Jornal Contábil: MEI saiba tudo o que é preciso para gerenciar seu próprio negócio. Se você buscar iniciar como MEI de maneira correta, estar legalizado e em dia com o governo, além de fazer tudo o que é necessário para o desenvolvimento da sua empresa, nós podemos ajudar.

Já imaginou economizar de R$50 a R$300 todos os meses com toda burocracia, risco de inadimplência e ainda ter a certeza que está fazendo suas declarações e obrigações de forma correta.

E o melhor é que você pode aprender tudo isso em apenas um final de semana. Uma alternativa rápida e eficaz é o curso MEI na prática. Trata-se de um curso rápido, porém completo e detalhado com tudo que um MEI precisa saber para ser autônomo e nunca mais passar por dificuldades ao gerir o seu negócio.

Quer saber mais? Clique aqui e mantenha sua empresa MEI em dia!

Comentários estão fechados.