Auxílio Emergencial: calendário da 4ª parcela e a sua antecipação

Após três ciclos concluídos de depósito em conta poupança social digital, este mês de julho a Caixa Econômica Federal libera a quarta parcela do programa emergencial que tem apoiado mais de 40 milhões de pessoas diretamente afetadas pela pandemia da Covid-19.

Diante dos avanços dos pagamentos, a Caixa Econômica deve liberar nos próximos dias a confirmação e o novo calendário da quarta parcela do auxílio emergencial, que assim como foi feito nos três ciclos anteriores deverá ser antecipado aos beneficiários.

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Aplicativo auxílio emergencial do Governo Federal. / Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Antecipação da 4ª parcela

O discurso sobre a antecipação da quarta parcela veio pelo próprio presidente da Caixa, Pedro Guimarães, que afirmou que ocorreu assim como nas parcelas anteriores, a quarta parcela tem tudo para ser antecipada, e que nos próximos dias deverá ser confirmada bem como ter o novo calendário liberado.

Durante a declaração, Guimarães enfatizou que a antecipação da quarta parcela deve ser um processo natural, assim como ocorreu nas últimas três parcelas do programa em 2021. Para Guimarães a antecipação também contribui para a redução das filas nas agências e lotéricas, evitando a aglomeração de pessoas e o contágio da Covid-19.

O calendário de pagamentos em conta poupança digital está previsto inicialmente para começar no dia 23 de julho para nascidos em janeiro e finalizado apenas no dia 22 de agosto quando os nascidos de dezembro recebem.

A expectativa agora é que, caso a Caixa confirme a antecipação da quarta parcela, todos os pagamentos para beneficiários nascidos de janeiro a dezembro recebam ainda neste mês de julho.

Calendário de pagamentos

Até a Caixa confirmar a antecipação da quarta parcela, bem como liberar o novo calendário, as datas oficiais para recebimento do benefício são as seguintes:

Calendário de pagamentos em conta poupança social digital

Nascidos em4ª parcela
Janeiro23 de julho
Fevereiro25 de julho
Março28 de julho
Abril1 de agosto
Maio3 de agosto
Junho5 de agosto
Julho8 de agosto
Agosto11 de agosto
Setembro15 de agosto
Outubro18 de agosto
Novembro20 de agosto
Dezembro22 de agosto

Calendário de saques e transferência

Nascidos em4ª parcela
Janeiro13 de agosto
Fevereiro17 de agosto
Março19 de agosto
Abril23 de agosto
Maio25 de agosto
Junho27 de agosto
Julho30 de agosto
Agosto1º de setembro
Setembro3 de setembro
Outubro6 de setembro
Novembro8 de setembro
Dezembro10 de setembro

Calendário do Bolsa Família

Inscritos NIS4ª parcela
NIS de final 119 de julho
NIS de final 220 de julho
NIS de final 321 de julho
NIS de final 422 de julho
NIS de final 523 de julho
NIS de final 626 de julho
NIS de final 727 de julho
NIS de final 828 de julho
NIS de final 929 de julho
NIS de final 030 de julho

Vale lembrar ainda que os inscritos do Bolsa Família não terão o calendário antecipado, tendo em vista que o pagamento do auxílio emergencial para este grupo ocorre justamente no cronograma tradicional do programa social, ou seja, nos últimos dez dias úteis do mês.

Prorrogação do auxílio emergencial

Além da antecipação da quarta parcela, uma novidade referente ao auxílio emergencial está na confirmação da prorrogação do benefício. Segundo declarações do ministro da Economia, Paulo Guedes, o programa social que foi previsto inicialmente em quatro parcelas para 2021, poderá contar agora com mais três parcelas, sendo liberado até outubro.

A nova prorrogação está vinculada ao processo de vacinação. Segundo Guedes, a previsão é que toda população adulta esteja vacinada com ao menos a primeira dose da vacina contra a covid-19 até outubro, onde o governo quer garantir a assistência a população até está data.

Comentários estão fechados.