Para quem não sabe no mês de Julho três benefícios vão ser pagos ao brasileiros, entre eles o Auxílio Emergencial de R$ 600, o Saque emergencial do FGTS e o abono do PIS/Pasep. Você quer saber quais deles você tem direito a receber em Julho? Então acompanhe!

Benefícios para julho

O mês de Julho coincidiu com o pagamento de três benefícios diferentes aos brasileiros, dois deles são benefícios emergenciais, como medida do governo de tentar minimizar os impactos causados pela pandemia já o outro é o abono salarial pago todos os anos os trabalhadores brasileiros. Entenda cada um deles.

Auxílio Emergencial

O Auxílio Emergencial é o benefício destinado aos brasileiros que trabalham informalmente, aos MEIs e também aos desempregados, entenda:

ara pedir o auxilio, é necessário ter mais de 18 anos. Pode receber:

  • empregado que não têm carteira assinada
  • autônomo
  • desempregado
  • MEI (microempreendedor individual)
  • contribuinte individual da Previdência

Além de se enquadrar em um desses casos, a pessoa deve estar dentro dos limites de renda estabelecidos na lei. Pode receber quem:

  • tem família com renda mensal total de até três salários mínimos (R$ 3.135) ou com renda mensal per capita (por membro da família) de até meio salário mínimo (R$ 522,50)
  • teve rendimentos tributáveis de até R$ 28.559,70 em 2018 (conforme declaração do Imposto de Renda feita em 2019)

Uma das informações divulgadas sobre o pagamento da terceira parcela do Auxílio Emergencial é que o calendário seguirá mesmos moldes do pagamento da segunda parcela, ou seja, de forma escalonada, onde os pagamentos vão ser liberados de acordo com o mês de nascimento em conta poupança digital e em seguida seguirá um novo calendário para quem deseja sacar o dinheiro em espécie ou transferir para outros bancos. Sendo assim o calendário será estendido até o mês de Julho.

Vale lembrar que para inscritos no Bolsa Família o calendário de pagamento já começou desde semana passada e está sendo pago de forma escalonada seguindo o número final do NIS.

O benefício paga valores de R$ 600 a R$ 1.200 para as mães chefes de família.

Saque do FGTS

coronavoucher

Autorizado pela Medida Provisória nº 946 de 07/04/2020, é o saque a que tem direito todo titular de conta do FGTS com saldo, incluindo contas ativas e inativas, no valor de até R$ 1.045,00 por trabalhador.

O saque pode ser feito até 31 de dezembro de 2020.

Formas de recebimento

O pagamento do Saque Emergencial FGTS será realizado exclusivamente por meio de crédito em Poupança Social Digital, aberta automaticamente pela CAIXA em nome dos trabalhadores. A movimentação do valor do saque emergencial poderá, inicialmente, ser realizada por meio digital com o uso do aplicativo CAIXA Tem, sem custo, evitando o deslocamento das pessoas até as agências.

Após o crédito dos valores na poupança social digital, já será possível pagar boletos ou contas, ou utilizar o cartão de débito virtual e QR code para fazer compras em supermercados, padarias, farmácias e outros estabelecimentos, tudo por meio do aplicativo CAIXA Tem.

A partir da data de disponibilização dos recursos para saque ou transferência, também de acordo com o mês de nascimento, os trabalhadores poderão transferir os recursos para contas em qualquer banco, sem custos, ou realizar o saque em espécie nos terminais de autoatendimento da CAIXA e casas lotéricas, utilizando o código que deve ser gerado no aplicativo CAIXA Tem.

O saque pode ser feito até 31 de dezembro de 2020.

Confira a seguir o calendário completo

Mês de nascimentoCrédito em contaSaque ou transferência
Janeiro29 de junho25 de julho
Fevereiro6 de julho8 de agosto
Março13 de julho22 de agosto
Abril20 de julho5 de setembro
Maio27 de julho19 de setembro
Junho3 de agosto3 de outubro
Julho10 de agosto17 de outubro
Agosto24 de agosto17 de outubro
Setembro31 de agosto31 de outubro
Outubro8 de setembro31 de outubro
Novembro14 de setembro14 de novembro
Dezembro21 de setembro14 de novembro

PIS/Pasep

O abono salarial PIS-Pasep 2020-2021 começará a ser pago no próximo dia 30 de junho para os trabalhadores com direito ao benefício que forem correntistas da Caixa ou do Banco do Brasil. Nesse caso, o dinheiro será creditado diretamente em conta.

Para os demais trabalhadores, os saques serão liberados a partir de 16 de julho. O calendário de saques se estenderá até 30 de junho de 2021

Confira a seguir a tabela de valores à receber com o período de tempo trabalhado

Meses trabalhadosValor à receber
1 mêsR$ 88,00
2 mesesR$ 175,00
3 mesesR$ 262,00
4 mesesR$ 349,00
5 mesesR$ 436,00
6 mesesR$ 523,00
7 mesesR$ 610,00
8 mesesR$ 697,00
9 mesesR$ 784,00
10 mesesR$ 871,00
11 mesesR$ 958,00
12 mesesR$ 1.045,00

Calendário do PIS para quem trabalhou em empresa privada:

Mês de nascimentoRecebe a partir de
Julho16 de Julho de 2020
Agosto18 de Agosto de 2020
Setembro15 de Setembro de 2020
Outubro14 de Outubro de 2020
Novembro17 de Novembro de 2020
Dezembro15 de dezembro de 2020
Janeiro19 de Janeiro de 2021
Fevereiro19 de Janeiro de 2021
Março11 de Fevereiro de 20201
Abril11 de Fevereiro de 2021
Maio17 de Março de 2021
Junho17 de Março de 2021