Beneficiários do auxílio emergencial poderá ter acesso ao empréstimo fácil da Caixa

0

A Caixa Econômica Federal deverá disponibilizar, a partir do ano quem vem, a possibilidade de os beneficiários do auxílio emergencial conseguirem empréstimo.

emprestimo consignado

Como vai funcionar o empréstimo para beneficiários do auxílio emergencial?

Quando começou a pagar o auxílio emergencial, a Caixa abriu milhões de contas digitais de brasileiros considerados “invisívies” no mercado financeiro, o que levou o banco a vislumbrar abrir um microcrédito para os beneficiários do auxílio emergencial.

Aproximadamente foram abertas 33 milhões de contas durante a pandemia do novo coronavírus. A partir daí, muitas pessoas tiveram acesso a uma conta digital pelo menos.

A Caixa Econômica Federal já vinha cogitando a possibilidade de oferecer microcrédito, mas não tinha ainda encontrado um caminho, porém, esse caminho foi a abertura das contas digitais, que acabou acelerando o processo.

“O microcrédito era um projeto sobre o qual estávamos debruçados já antes da pandemia. Mas a discussão que tínhamos internamente era de que não seria economicamente possível e rentável realizar operações de empréstimo de R$ 100 ou R$ 200 utilizando nossa base de agências, nem os lotéricos”, disse o presidente da Caixa, Pedro Guimarães.

“A única maneira era via um aplicativo, o que acabamos desenvolvendo agora. Então a questão da solução via contas digitais acelerou em anos o projeto principal que tínhamos na Caixa “, acrescentou.

Só para se ter uma ideia, 33 milhões de brasileiros não eram clientes da Caixa. A nova modalidade poderá possibilitar a instituição financeira lucrar com os empréstimos e ao mesmo tempo, ajudar milhares de brasileiros a conseguir o dinheiro.

Depois que os pagamentos do auxílio acabarem, a Caixa vai lançar o serviço

O microcrédito entrará em vigor assim que terminarem os pagamentos do auxílio-emergencial, já que segundo o banco, serão mantidas as contas digitais que foram abertas, sendo que deverá ser acrescentados outros serviços. Essa opção deve estar disponível até o primeiro trimestre de 2021.

Pedro Guimarães, presidente da Caixa, disse que, essas pessoas quando precisavam de dinheiro, buscavam agiotas e financeiras, com juros de até 20% ao mês. Desse modo, a Caixa vai lançar um grande programa de microcréditos, utilizando a conta digital.

Vamos torcer para que essa medida do banco realmente ajude os beneficiários do auxílio emergencial.

Edição por Jorge Roberto Wrigt Cunha – jornalista do Jornal Contábil