Bolsa Família: governo não cumpriu a promessa de ampliação

0

O Governo bateu tanto no mesmo assunto, a ampliação do Bolsa Família. Quando o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni informou que iria ampliar a aceitação de cadastro dentro do programa. Segundo ele, a aprovação de novos beneficiários iria atingir um número até então não alcançado na história do país. Mas, tudo ficou na promessa, e não aconteceu.

Mais de 1 milhão de pessoas continuam, nas filas a espera do projeto, que está pra acontecer desde quando Jair Bolsonaro assumiu o governo.

Tudo bem, no primeiro trimestre deste ano, o presidente e sua equipe anunciaram que, o programa não estaria aceitando novos pedidos até que se encerrasse as ações de fiscalização interna para aqueles que já estavam recebendo o auxílio.

Pente Fino

A medida de fiscalização dos cadastrados no Bolsa família, que está sendo chamado de pente fino, tem como finalidade desligar os usuários que não se enquadram nas regras do programa.

Desigualdade nos comprovantes de renda, endereço ou ausência de cadastros escolares e exames médicos estão sendo considerados motivos para que o Ministério da Cidadania exclua o cadastro.

bolsa família

A partir do segundo semestre de 2019 até agora, mais de 1 milhão de pessoas foram desligadas, do Bolsa Família. Há quem diga, que o corte não foi notificado, o que dificultou corrigir os erros nos registros.

O presidente Jair Bolsonaro, afirmou que os cortes possibilitarão novas entradas no programa, beneficiando um número maior de pessoas. O que se espera, que no próximo mês o número de beneficiários seja ampliado, levando em consideração a busca pelo Auxílio Emergencial de R$ 600.