Caixa libera empréstimo de até R$ 12,5 mil para MEI: Confira as regras para solicitar

0

Pensando nos microempreendedores individuais (MEI), micro e pequenas empresas, a Caixa Econômica criou em parceria com o Sebrae uma nova linha de crédito de R$7,5 bilhões focada nestes segmentos. Esta nova linha de crédito conta com taxas de juros que variam entre 1,19% e 1,59% ao mês, com carência e prazo de pagamento de 24 meses a 36 meses.

As empresas interessadas poderão pedir o empréstimo e o valor liberado vai depender do porte de cada uma. Para os MEIs, o empréstimo pode chegar a até 12,5 mil; as microempresas contam com até R$75 mil e as pequenas empresas R$125 mil. Os sócios que estiverem com nome negativado não terão acesso à esta linha de crédito.

Nestas novas operações, a Caixa vai contar com a garantia do Fundo de Aval às Micro e Pequenas Empresas (Fampe) do Sebrae, que fica responsável por arcar com uma parte da inadimplência da carteira como um todo.

MEI

Por conta disso, o Sebrae vai ampliar o montante deste fundo que ficará perto de R$1 bilhão. Os R$7,5 bilhões anunciados pela Caixa para esta linha de crédito não atingiu o que Sebrae estimava. A expectativa era de R$12 bilhões.

Carlos Melles presidente do Sebrae, disse que este valor liberado pela Caixa, não é o bastante para ajudar o seguimento, já que devido a pandemia do novo coronavírus que causou grandes incertezas econômicas, o setor enfrenta uma insuficiência de crédito no setor financeiro.

Já Pedro Guimarães, presidente da Caixa, argumenta que os juros serão diminuídos em até 40% nesta nova linha, quando comparados com as taxas já em vigor por contar do fundo de aval do Sebrae.

Ele diz também que o volume de crédito que foi estipulado é o viável neste momento e que a Caixa precisa faturar com estas operações.

“As operações só serão realizadas se for para a Caixa ganhar dinheiro. Não realizaremos operações de subsídio para ninguém”.

Esta nova linha de crédito já disponível nas agências da Caixa e os interessados já podem aderir. Quem precisar de mais informações  pode acessar o site do banco e também solicitar o crédito. Depois será preciso procurar os gerentes para providenciar a documentação necessária.

Conteúdo original FDR.