Calendário do saque emergencial do FGTS 2021 já está liberado?

0

Os trabalhadores estão aguardando para 2021 o saque emergencial do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). A medida adotada no início da pandemia em 2020, conseguiu apoiar mais de 60 milhões de trabalhadores liberando mais de R$ 47 bilhões a economia.

A medida disponibilizada no ano passado permitia que todos os trabalhadores que tivessem saldo nas contas ativas e inativas do fundo pudessem resgatar até um salário mínimo (R$ 1.045) em 2020, o saque ocorreu escalonadamente e foi definida conforme o mês de aniversário do trabalhador.

FGTS

Saque emergencial do FGTS 2021

A medida é esperada pelos trabalhadores este ano, pois no final de 2020 o governo federal adotou um plano de contingência para o enfrentamento da pandemia este ano. No plano de contingência havia expresso interesse do governo em liberar o saque emergencial do FGTS.

Conforme divulgados por membros do governo, os primeiros dias de 2021 seriam fundamentais para viabilizar a medida que poderia sair ainda em janeiro deste ano. Contudo, de lá pra cá o governo veio adotando outras medidas e o saque emergencial acabou perdendo os holofotes e pouco se sabe sobre o saque este ano.

Mas afinal de contas vai haver o saque?

Para responder essa pergunta precisamos fazer uma analogia a situações do final do ano passado para cá. Quando o governo assumiu o posicionamento de liberar uma nova rodada de saques do FGTS emergencial, o mesmo vinha enfrentando forte pressão pelo término do auxílio emergencial em dezembro de 2020, onde o saque do FGTS poderia ser um folego a mais ao trabalhador.

Contudo, devido aos avanços da pandemia no país, o governo acabou tendo que adotar outras medidas emergenciais como o auxílio emergencial, o BEm (Benefício Emergencial de Manutenção do Emprego e da Renda), o 13º salário dentre outros.

Logo, o governo acabou se vendo menos interessado em liberar o saque emergencial do FGTS, tendo em vista que, enquanto o dinheiro não é entregue ao trabalhador a legislação permite que o governo utilize o dinheiro para custear obras em setores como habitação, saneamento, dentre outros.

Ao decorrer dos últimos dias também tentamos contato com a Caixa Econômica Federal que é a responsável pelo FGTS, para saber se há alguma previsão de saque emergencial e o banco expressou que não há nenhuma informação sobre o tema.

Além disso, conforme expresso por membros do Conselho curador do FGTS, a liberação de uma nova rodada de saques do FGTS poderia comprometer a sustentabilidade do fundo, o que também pode acabar inviabilizando o saque para 2021.

Para resumo, os trabalhadores não devem esperar uma nova rodada de saques do FGTS que deve acabar sendo engavetado pelo governo este ano, ainda mais com a sustentabilidade do fundo em risco, bem como a adoção de diversas outras medidas liberadas pelo governo ao longo do ano.