Com a Selic a 7,75%, como ficam os investimentos em renda fixa?

Projeções apontam atual rentabilidade de investimentos; debênture incentivada é o único investimento com rentabilidade positiva

Com a taxa Selic elevada a 7,75%, conforme decisão do Copom (Comitê de Política Monetária) na última quarta-feira, 27, como fica o rendimento dos investimentos em renda fixa? Para saber o impacto desta medida, o Yubb (https://yubb.com.br/), maior buscador de investimentos do país, realizou um levantamento com projeções dos principais ativos. Como destaque, os CDBs dos bancos grandes chegam ao segundo mês consecutivo com a pior rentabilidade, perdendo até para a poupança nova.

Confira o levantamento completo:

 Rendimento BrutoRendimento LíquidoRendimento Real
** Poupança nova* 5,43%5,43%-3,24%
Poupança antiga*6,17%6,17%-2,56%
Tesouro Selic7,65%6,12%-2,61%
CDB banco médio9,95%7,96%-0,92%
CDB banco grande6,12%4,90%-3,73%
LC10,71%8,57%-0,36%
LCA*7,50%7,50%-1,34%
LCI*7,80%7,80%-1,06%
RDB10,40%8,32%-0,58
Debênture Incentivada*11,55%11,55%2,38%

* Investimentos isentos de imposto de renda

** Em 2012, o Banco Central redefiniu a remuneração da poupança para novos investidores.

Buscador online e gratuito, conhecido como o “buscapé dos investimentos”, pois mapeia todos os investimentos do país e recebe mais de 8 milhões de buscas por mês.

Comentários estão fechados.