Como consultar e quais benefícios do CadÚnico?

O Cadastro Único é um registro para identificar as famílias de baixa renda existentes no país.

Essa ferramenta permite que o governo tenha acesso a informações como a identificação de cada pessoa, escolaridade, situação de trabalho e renda, residência e utilize os dados para seleção e inclusão das famílias em programas sociais do governo federal.

Benefícios sociais para inscritos no Cadastro Único

Os cidadãos que se inscrevem no Cadastro Único podem usufruir de uma série de benefícios disponibilizados pelo Governo Federal.

A seguir, vamos listá-los:

  • Água para todos;
  • Aposentadoria para pessoa de baixa renda;
  • Auxílio Emergencial;
  • Bolsa Família;
  • Bolsa estiagem;
  • Bolsa Verde – Programa de Apoio à Conservação Ambiental;
  • Carta Social;
  • Carteira do Idoso
  • Casa Verde e Amarela;
  • Crédito Instalação;
  • Fomento – Programa de Fomento às Atividades Produtivas Rurais;
  • Isenção de Taxas em Concursos Públicos;
  • Passe Livre para pessoas com deficiência;
  • Pro Jovem Adolescente;
  • Programa Brasil Alfabetizado;
  • Programa Brasil Carinhoso;
  • Programa de Cisternas;
  • Programa de Erradicação do Trabalho Infantil – PETI​;
  • Programa Nacional de Crédito Fundiário;
  • Programa Nacional de Reforma Agrária;
  • Tarifa Social de Energia Elétrica;
  • Telefone Popular

Quem pode se inscrever no Cadastro Único?

Designed by @Art_Photo / shutterstock
Designed by @Art_Photo / shutterstock

Para poder se inscrever é preciso seguir algumas regras: Vejamos:

  • Ter renda mensal de até meio salário mínimo por pessoa (R$ 522,50); ou
  • Ter renda mensal familiar total de até três salários mínimos (R$ 3.135,00); ou
  • possuir renda maior que três salários mínimos, desde que o cadastramento esteja vinculado à inclusão em programas sociais nas três esferas do governo.

Como consultar o CadÚnico?

Para saber se você está inscrito no CadÚnico a consulta pode ser feita pelo site do Ministério do Desenvolvimento Social em “Consulta Cidadão Cadastro Único”.

Preencha seu nome completo, data de nascimento e nome da mãe.

A consulta pode ser feita também pelo aplicativo de celular “Meu Cadúnico” ou por telefone ligando para 0800 707 2003.

A ligação é gratuita e deve ser feita de um telefone fixo das 7h às 19h, de segunda a sexta-feira, e das 10h às 16h durante os finais de semana e feriados.

O cidadão também pode se dirigir ao Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) de sua cidade e realizar o cadastro.

Para cadastrar a família toda, é necessário que uma pessoa se responsabilize por informar os dados de todos os membros.

Essa pessoa, chamada de Responsável pela Unidade Familiar (RF), precisa:

  1. Fazer parte da família, morar na mesma casa, ter pelo menos 16 anos de idade e ser, preferencialmente, mulher;
  2. Apresentar seu CPF ou Título de Eleitor;
  3. Mostrar pelo menos um documento de cada membro da família (pode ser certidão de nascimento ou casamento; CPF; RG; certidão administrativa de nascimento do indígena, RANI; carteira de trabalho; ou título de eleitor);

Não é obrigatório apresentar um comprovante de endereço, mas, se tiver, ajuda no preenchimento do cadastro.

Por: Ana Luzia Rodrigues

Comentários estão fechados.