Como fica o valor do 13º salário durante a pandemia?

Redução salarial e suspensão de contrato afetam o valor

0

Caneta, papel e calculadora na mão são imprescindíveis para quem está interessado e preocupado em saber qual será o valor que o empregador terá que pagar de 13º salário por conta da redução salarial ou suspensão de contrato durante a pandemia.

“A discussão tem sido baseada no valor que deverá ser pago dependendo de quanto a jornada do trabalhador foi reduzida”, explica o advogado Pedro Bottallo, especializado em Direito do Trabalhista.

“Se o índice foi de 25%, 50% ou 70% essa é a porcentagem de desconto”, diz.

A regra exata para o cálculo do 13º salário de quem teve redução salarial do pagamento baseados na MP 936 do Governo Federal ainda não foi divulgada pelo Ministério do Trabalho.

De acordo com Bottallo, vale lembrar que o 13º é pago sobre o salário base do funcionário, portanto, “o salário recebido com desconto neste período da pandemia não deveria valer como cálculo, pois fere a legislação trabalhista vigente”, afirma o advogado.

FGTS

Já para os empregados que tiveram o contrato suspenso, os meses em suspensão não serão contabilizados.

“Veja quantos meses foram trabalhados no ano e multiplique pelo salário base. Essa é a regra para saber o valor a ser recebido”, finaliza Bottallo.

Dica Extra do Jornal Contábil: Você gostaria de trabalhar com Departamento Pessoal?

Já percebeu as oportunidades que essa área proporciona?

Conheça o programa completo que ensina todas as etapas do DP, desde entender os Conceitos, Regras, Normas e Leis que regem a área, até as rotinas e procedimentos como Admissão, Demissão, eSocial, FGTS, Férias, 13o Salário e tudo mais que você precisa dominar para atuar na área.

Se você pretende trabalhar com Departamento Pessoal, clique aqui e entenda como aprender tudo isso e se tornar um profissional qualificado.