A verdade é que as lojas virtuais têm ganhado cada vez mais espaço no mercado e se tornando um opção bem prática e eficaz de compra. Pois é, esse tipo de empreendimento virtual está se tornando uma necessidade nos dias de hoje para que os empreendedores possam oferecer suas ofertas para os consumidores através da Internet e de uma plataforma.

A grande realidade é que antes de decidir quais os segmentos que pretende trabalhar, você precisa estar por dentro das tendências. Sim, saber o que é relevante no mercado é fundamental antes de abrir uma loja virtual.

É importante que seus futuros clientes tenham o melhor conteúdo e produtos, além de terem acesso a melhor plataforma de negócios. Enfim, uma loja virtual ou e-commerce é a escolha preferida de empresas para disponibilizar suas ofertas pela internet.

A grande realidade é que você precisa construir um site funcional e eficiente, com uma plataforma de comércio eletrônico. Para isso, é importante obter a hospedagem para colocar seu site online e, com isso, ser possível realizar  uma otimização na sua loja virtual (SEO) para que seus clientes possam encontrá-lo mais facilmente.

Dentro desse cenário, é possível encontrar diversas plataformas para desenvolver sua empresa digital. Você pode adicionar a opção de venda online em sites como Woocommerce do WordPress, Opencart, Magento ou Zencart. Qualquer um desses te possibilita a construção do seu portfólio de produtos, e a opção de adicionar vários produtos com facilidade.

As ideias que serão abordadas a seguir são apenas as que mais se destacam no mercado; Isso não significa que você deva investir em algum deles. Se é do seu interesse inaugurar uma empresa de alpinismo industrial.

Pensando nisso, produzimos um artigo interessante sobre os melhores segmentos para abrir uma loja virtual, uma vez que essa é a grande dificuldade de um empreendedor em estágio inicial. Vamos nessa?

A área de pet shop é uma boa opção

A verdade é que um bom empreendedor pesquisa e entender as dificuldades que o mercado apresenta e faz dela um negócio. Dentro dessa pequena explicação é possível destacar o mercado de petshop como uma grande oportunidade de negócio.

Vamos ser sinceros: quando falamos de petshop é necessário deixar de lado a compra e venda de animais de estimação – busque, sempre, adotar. Aqui, o que se destaca dentro do cenário atual são as vendas de produtos fundamentais para os animais, como acessórios, ração, remédios e uma infinidade de coisas.

Sabe quando falamos que precisamos abraçar os desafios e transformá-los em soluções e oportunidades? É exatamente isso o que acontece aqui. Segundo uma pesquisa desenvolvida pelo E-Bit, o mercado de petshop foi o que menos aderiu a forma digital de fazer negócio. Aqui temos um exemplo claro que um segmento com grande potencial.

Moda e Acessórios são apostas interessantes

Você sabe qual foi o segmento que mais realizou venda no ano de 2015? Lojas de games? Cervejas artesanais? Nada disso! Moda e acessórios foi foi o segmento que mais vendeu, de acordo com pesquisa divulgada pelo E-Bit. Para você ter noção, o crescimento no ano citado foi de 14%. 

Além disso, há uma grande expectativa que esse, mercado cresça, ainda mais, ano após ano. Dentro desse cenário, os brechós online se destacam como potencial negócio em amplo crescimento.

A verdade é que esse segmento é algo muito explorado desde a criação da internet e de lojas virtuais. Ainda assim, é considerado com o um mercado promissor por fazer parte da necessidade humana. 

Dentro desse segmento há uma diversidade muito grande: ainda há espaço para lojas virtuais de brincos, anéis, broches, bolsas, entre outros. O importante é fazer diferente, ir além do que os outros estão fazendo atualmente.

O segmento da alimentação merece a atenção

Agora se coloque no lugar do cliente: é difícil encontrar alguém no mundo que nunca tenha pedido uma pizza, hambúrguer ou até mesmo ficou com aquela preguiça de preparar um almoço ou jantar e , por isso, entrou em um app e pediu algum prato. É evidente que todos já fizemos isso pelo menos alguma vez. Essa realidade já existe a um bom tempo, e cada vez mais crescente no mercado.

Pense que estamos em plena recuperação de uma forte crise econômica e o desemprego ainda é alto. Com isso, as pessoas tendem a economizar com lazer e optar por delivery.

Você deve estar pensando: mas como posso ampliar esse tipo de negócio? Sim, é evidente que esse segmento fica restrito a um local, mas nada que um bom empreendedor não possa resolver disponibilizando a venda de produtos não perecíveis ou até mesmo abrindo uma franquia em lugares específicos. A realidade é que as opções existem, basta ter boas ideias e colocá-las em prática.

Contando com o envelope awb, para colocar as notas fiscais do produto comprado, você passa ainda mais segurança em relação à mercadoria vendida.

Uma aposta interessante é no segmento de celulares e telefonia

Uma coisa é certa: sempre que lança um celular novo ou até mesmo entram em promoção, entramos em diversos sites para procurar os melhores preços. 

Pois é, a venda de smartphones e produtos para telefonia em geral, ainda seguem em alta no mercado digital., tanto que, segundo pesquisa feita pela E-Bit em 2015, esse segmento ficou em terceiro lugar dos que mais cresceram no mercado.Se comparado com o ano anterior ao da pesquisa, o crescimento foi de 45%. 

A realidade é que as pessoas não abrem a mão de ter um bom smartphone e nem um plano de telefonia interessante, por isso a previsão é de crescimento. Se ainda a terreno para crescer, ainda a o que ser explorado. 

Não existe um ano que a venda deste tipo de aparelho não fique em alta. Isso porque os brasileiros gostam de seguir as tendências mundiais. E vamos ser sinceros: normalmente as compras pela internet sai quase 30% mais barato que em lojas físicas. Por esse e por outros motivos, esse será um segmento que sempre aparecerá entre os mais promissores.

Artigos para festas ainda estão em alta

Esse segmento é muito semelhante ao de moda e acessórios, uma vez que é amplo e pode abranger diversos produtos, desde a encomenda do bolo, doces e salgados quanto a fantasias, decorações e contratação de bandas e DJ’s. 

Dentro desse cenário, o que mais se vendem virtualmente são os enfeites para festas, principalmente em locais onde não há lojas específicas como cidades do interior.

Esse segmento é muito consistente no mercado, uma vez que ele não é afetado pelas crises econômicas que aparecem com o tempo. O motivo é muito simples: ele está ligado, normalmente, a datas emocionais como aniversários e festas de casamento ou até mesmo um lançamento de uma empresa de estação de tratamento de água.

Este conteúdo foi produzido por Iago Martins, criador de conteúdo do Soluções Industriais