Exigência da Prova de Vida do INSS fica para 2021

0

Os beneficiários do INSS que não realizaram a prova de vida não terão o benefício bloqueado até o fim deste ano, a exigência da prova de vida deve acontecer em janeiro de 2021.

O INSS deve publicar ainda hoje uma portaria que prorroga por mais dois meses a suspensão da prova de vida dos aposentados e pensionistas.

A obrigatoriedade da prova de vida está suspensa desde o início da pandemia que ocorreu em março, o objetivo principal é evitar o contágio de Covid-19, além de evitar que pessoas do grupo de risco precisem sair de casa se expondo ao vírus.

Prova de vida

A prova de vida é realizada anualmente na rede bancária onde o segurado recebe seu benefício através de conta corrente, poupança ou ainda cartão magnético.

Contudo o recadastramento apesar de não estar sendo obrigatório não está proibido. o Interessado que eventualmente for ao banco, poderá sim realizar a prova de vida.

A Febraban (Federação Brasileira de Bancos) informa que os bancos mantiveram o atendimento aos beneficiários que tiveram interesse em renovar suas suas no período de pandemia.

Benefícios podem ser bloqueados

O segurado que comparecer a instituição bancária devera seguir todos os cuidados recomendados para evitar o contágio. Pessoas que estão enquadradas no grupo de risco precisam evitar sair de casa.

Cada instituição bancária determina sua própria forma de gestão: Existem bancos que vão utilizar a data do aniversário do beneficiários, como também outro que utilizam a data de quando o benefício foi aprovado, bem como os que convocam o beneficiário na competência que antecede o vencimento da fé de vida.

O principal ponto está relacionado a quando for exigido novamente a prova de vida. Pois o segurado que não comprovar estar vivo poderá ter o benefício bloqueado.