Você já foi incomodado com ligações de cobrança excessivas? Principalmente em horários inconvenientes?

Muitos consumidores se sentem tão incomodados com a prática de empresas de cobrança, que buscam aprender como bloquear as ligações de cobrança.

No entanto, apesar de inconvenientes, as ligações dos credores não podem ser bloqueadas.

Porém, isso não quer dizer que a postura das empresas que cobram o dinheiro de forma exagerada estejam certas.

Empresas de cobrança podem fazer ligações excessivas?

É muito importante deixar claro que empresas que cobram os devedores excessivamente estão cometendo um crime.

Todo credor com certeza pode buscar diversas maneiras de cobrar um consumidor inadimplente e até mesmo inscrever seu CPF nos órgãos de proteção do crédito, negativando seu nome.

Porém, isso não significa que o consumidor deva ser importunado ou receber visitas presenciais de cobrança.

De acordo com o artigo 71 do Código de Defesa do Consumidor, a prática está expondo o consumidor ao ridículo e ao constrangimento e, por isso, é uma postura criminosa.

Ou seja, estar devendo não é crime, mas a postura da empresa ao fazer cobranças excessivas é sim considerada como tal.

Posso bloquear ligações de cobrança?

No geral, a melhor solução é de forma amigável, seguindo o que o artigo 71 do CDC determina.

Logo, a melhor postura é informar ao credor que você não deve ser importunado em seu horário de trabalho, por exemplo.

Você pode fazer isso informando assertivamente ao credor, através das ligações, que as cobranças não aconteçam em determinado horário.

Outra sugestão é buscando a empresa que está fazendo a cobrança da dívida, ou seja, empresas especializadas em cobrança que, muitas vezes, “compram a dívida” e ficam responsáveis pela cobrança.

Sabendo o nome da empresa, você deve procurar o site da mesma e enviar um e-mail informando que você não deseja ser cobrado no seu horário de trabalho

Apesar de não existir uma maneira de bloquear ligações de cobrança totalmente, é possível buscar formas de não ser tão importunado pela postura abusiva das empresas.

Quer saber como bloquear ligações de cobrança? Conheça o site Não me Perturbe!

Segundo a  Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), as operadoras de telecomunicações são responsáveis por 32% das ligações de telemarketing feitas em todo país, envolvendo desde atualizações cadastrais e promoções, até cobranças.

Algumas dessas ligações se repetem por dias ou até semanas, mesmo quando consumidor informa expressamente que não gostaria de receber ligações.

Para amenizar esse problema, a Anatel criou uma plataforma online em parceria com as empresas do setor de telecomunicação: o site Não Me Perturbe.

Leia também: Site Não me Perturbe: veja como bloquear ligações

O objetivo do site Não me perturbe é bloquear chamadas indesejadas através de um cadastro único, algo que era impossível até então.

Pela exigência da Anatel, as operadoras de serviços de telecomunicações criaram uma base de dados com as informações dos consumidores.

Desta forma, você que não quer receber mais chamadas comerciais de operadoras poderá apagar seus dados de contato do telefone fixo, celular ou outra informação pessoal que demandar.

Quer saber como se cadastrar no Não Me Perturbe e se livrar das ligações indesejadas?

Acompanhe a leitura!

Antes de tudo: devo me cadastrar?

Sim! Para solicitar o bloqueio de chamadas através do Não me perturbe, é preciso ter um cadastro no site.

Se você não tiver ainda, segue o passo a passo para você se cadastrar:

  1. Acessar o site “Não Me Perturbe
  2. Na página inicial do site, escolha a opção “Solicitar Bloqueio”
  3. Clique em “Quero me cadastrar”
  4. Depois, você precisa inserir seus dados pessoais: nome completo, CPF, e-mail, escolher uma senha, aceitar os “Termo de Uso” e a “Política de Privacidade” e declarar que não é um robô.
  5. Feito isso, é só clicar em “Criar login”
  6. Você receberá um e-mail de confirmação para o endereço de e-mail que você cadastrou. Você deve clicar em “Continuar” e conferir se recebeu o e-mail na sua caixa de entrada
  7. Essa mensagem é a validação do e-mail, e você pode escolher se clica direto no link que eles enviaram ou pode clicar na opção “validar e-mail”
  8. Depois da validação do e-mail, você será encaminhado a uma página com a seguinte mensagem: “Seu e-mail foi autenticado com sucesso. Clique aqui para efetuar o login.”
  9. Basta clicar em “Clique aqui” e efetuar o seu login.

Com isso, você está pronto(a) para realizar o bloqueio das chamadas telefônicas das empresas que você desejar!

Agora saiba como bloquear as ligações de cobrança

Feito o cadastro, é hora de solicitar o bloqueio dessas ligações inconvenientes! Mas é importante estar atento(a) a dois pontos:

  • Você precisa ser o titular do seu telefone, ou seja, ele deve estar em seu nome
  • Só é possível bloquear chamadas de telemarketing de empresas de telefonia e de ofertas de bancos. As ligações de cobranças, por responsabilidade do cliente, ainda poderão ser realizadas.

Veja o passo a passo de como solicitar o bloqueio:

  1. Acessar o site “Não Me Perturbe
  2. Na página inicial do site, escolha a opção “Solicitar Bloqueio”
  3. Faça o login com seu e-mail e senha
  1. Informe o seu DDD e número de telefone
  2. Escolha também as provedoras que não quer mais que te perturbe
  3. Ative a opção “Não sou um robô” e cadastre seu telefone
  4. Por último, imprima ou salve o comprovante do bloqueio

Prontinho! O seu número será bloqueado para receber chamadas de telemarketing da empresa escolhida!

No entanto, é importante deixar claro que o prazo para ativação do bloqueio é de até 30 dias após a solicitação.

Foi negativado por uma cobrança indevida? Nós temos a solução!

Ficou com o nome negativado por conta de uma cobrança indevida, ou seja, por uma dívida que não fez?

Nós podemos te ajudar.

Ter o nome inscrito nos birôs de proteção ao crédito de maneira indevida é um problema mais comum do que você imagina.

No entanto, isso não quer dizer que deve ser deixado de lado.

Com a Resolvvi, você tem a garantia que seu nome será limpo e que você irá receber uma compensação financeira pelos danos morais sofridos.

Fonte: Resolvvi