O retorno das atividades presenciais do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), esta programado para esta segunda-feira, 14.

Entretanto, os médicos peritos da autarquia decidiram não retomar os exercícios laborais, levando o instituto a suspender as perícias que já estavam agendadas, até a execução das inspeções comprovem que os consultórios de cada agência estão aptos a atenderem o público. 

Portanto, o instituto informou que, os segurados que aguardavam pela perícia, devem fazer um novo agendamento através do aplicou Meu INSS, ou pela Central de Atendimentos, 135.

De acordo com a Associação Nacional dos Peritos Médicos Federais (ANMP), a decisão da classe pela não retomada das atividades se deu ao, observar que, somente 12 entre mais de 800 agências do instituto foram aprovadas durante o processo de vistoria. 

“Mesmo com todo o alarde da pandemia, ainda tínhamos agências sem Equipamentos de Proteção Individual (EPI) até o presente, dentre diversos outros problemas. Abrir apenas estas agências e manter fechadas as demais, é inviável do ponto de vista gerencial e operacional e causaria potencial caos nas cidades devido a riscos de sobrecarga de demanda”, declarou a associação. 

Na oportunidade, o INSS noticiou que, a partir desta segunda, todas as inspeções nas agências serão realizadas em parceria com a Secretaria Especial de Previdência e Trabalho, no intuito de comprovar a adequação dos consultórios, “a perícia retomará o atendimento nessas unidades”, ressaltou. 

Presidente do instituto se desculpa

Na oportunidade, o presidente do INSS, Leonardo Rolim, informou que, as novas inspeções serão realizadas até a próxima quarta-feira, 16, e está na expectativa de que os atendimentos referentes às perícias nas agências possam ser liberados.

“Nós avisamos as pessoas que as perícias agendadas para hoje teriam que ser reagendadas, nem todos, infelizmente, conseguiram a tempo a informação. Nós mandamos por SMS, pelo Meu INSS e por e-mail, mas peço desculpa às pessoas que foram às agências e não conseguiram receber a informação a tempo ou não temos algum acesso a algum meio de comunicação com essas pessoas”, declarou. 

Questionado, o presidente da autarquia não soube dar uma estimativa de quantas pessoas estavam agendadas para a perícia.

Mas, comentou que em breve irão divulgar quando os agendamentos da perícia estarão disponíveis, evitando que os segurados sejam prejudicados, de modo que, quando o novo procedimento for realizado, o benefício concedido seja retroativo à data de requerimento original.

Serviços limitados

A reabertura de algumas das agências do INSS teve início nesta segunda-feira, 14, após quase cinco meses com as portas fechadas diante de restrições em combate e enfrentamento à pandemia da Covid-19.

Entretanto, neste primeiro momento, o atendimento será exclusivamente direcionado aos segurados que já haviam feito os agendamentos, no intuito de evitar aglomerações. 

Agendamento pelo aplicativo ou telefone 

A primeira fase após a reabertura das agências, irá concentrar os atendimentos presenciais através dos serviços de perícia médica, avaliação social, cumprimento de exigência administrativa ou judicial, bem como, reabilitação profissional.

Já os requerimentos de aposentadoria, pensão e salário maternidade, continuarão realizados remotamente.

Na oportunidade, Leandro Rolim, pediu que os beneficiários tenham um pouco de paciência, além de assegurar que todos os problemas serão solucionados em breve. 

INSS

“As pessoas têm que ter um pouco de paciência e rapidamente esses problemas serão resolvidos. Não falta dedicação à equipe, nós sabemos que precisamos atender as pessoas, nós temos mais de 900 mil segurados que estão com processos de exigência, ou seja, precisam entregar algum documento complementar para o INSS, para esses serviços, as 540 agências estão funcionando normalmente. Quem tem exigências a serem cumpridas pode buscar a sua agência”, afirmou. 

Auxílio-doença antecipado

Ainda conforme a autarquia, diante do retorno dos atendimentos presenciais, a antecipação do auxílio-doença poderá atingir somente a quantia de R$ 1.045,00.

Poderão ser contemplados, aqueles segurados que residirem em um município situado a mais de 70 km de distância da agência mais próxima, desde que esta, possua uma unidade de atendimento da perícia com a modalidade de agendamento disponível. 

A liberação da antecipação de um benefício no valor do salário mínimo vigente, será disponibilizada enquanto durar o período estabelecido no atestado médico, desde que, não ultrapasse o prazo de trinta dias.

Os documentos serão analisados pela Subsecretaria de Perícia Médica Federal da Secretaria de Previdência, junto ao INSS. 

Dica Extra do Jornal Contábil: Compreenda e realize os procedimentos do INSS para usufruir dos benefícios da previdência social. 

Já pensou você saber tudo sobre o INSS desde os afastamentos até a solicitação da aposentadoria, e o melhor, tudo isso em apenas um final de semana? Uma alternativa rápida e eficaz é o curso INSS na prática

Trata-se de um curso rápido, porém completo e detalhado com tudo que você precisa saber para dominar as regras do INSS, procedimentos e normas de como levantar informações e solicitar benefícios para você ou qualquer pessoa que precise. 

Não perca tempo, clique aqui e domine tudo sobre o INSS.

Por: Laura Alvarenga