Como um dos bancos parceiros do Plano Progredir, projeto do Governo Federal, o Banco do Brasil é uma das instituições financeiras que fornecem o Microcrédito Produtivo Orientado (MPO), empréstimo em dinheiro oferecido a microempreendedores de baixa renda.

Lançado em 2011, o MPO foi criado com o objetivo de estimular a geração de empregos, criar novos negócios e estimular a formalização de empreendedores. Para ter acesso ao empréstimo, é preciso estar inscrito no Cadastro Único ou ser beneficiário do Bolsa Família e, então, se cadastrar no site do Plano Progredir.

Cada um dos bancos parceiros possui seus próprios requisitos e condições quanto ao MPO. O Banco do Brasil, por exemplo, também o disponibiliza para microempreendedores individuais (MEI).

Confira abaixo um guia completo de informações sobre o microcrédito do Banco do Brasil:

O que é o Microcrédito Produtivo Orientado (MPO) do Banco do Brasil?

O Microcrédito Produtivo Orientado (MPO) é um crédito com orientação voltado para empreendimentos. Com ele, o empreendedor conta com um empréstimo para melhorar o fluxo de caixa (capital de giro) ou para compra de equipamentos, móveis, ferramentas e demais itens necessários ao funcionamento do negócio.

salário mínimo em 2020

Qual o valor do MPO?

O valor do empréstimo é estabelecido de acordo com a capacidade de pagamento do indivíduo.

Quais são os requisitos para ter acesso ao microcrédito do Banco do Brasil?

  • Ser correntista no Banco do Brasil. Caso não seja, é possível contratar por meio da parceira da instituição com a Movera, empresa especializada na oferta de microcrédito;
  • Ser empreendedor informal com renda mensal de até R$ 16,66 mil;
  • Ser microempreendedor individual (MEI) com faturamento até R$ 81 mil por ano ou microempresa que fatura até R$ 200 mil por ano para poder contratar;
  • Apresentar garantia pessoal de terceiros (em alguns casos, ela pode ser dispensada);
  • O endividamento no Sistema Financeiro Nacional (SFN) não pode exceder R$ 40 mil, excetuando-se desse limite as operações de crédito habitacional;

Quais são as modalidades de crédito?

O Banco do Brasil, por meio da Movera, disponibiliza duas modalidades de microcrédito: a individual ou grupo solidário.

A modalidade individual é voltada para pessoa física ou jurídica, na modalidade investimento ou capital de giro.

O Grupo Solidário, por sua vez, consiste em 3 a 7 empreendedores, os quais serão os responsáveis pelo pagamento integral das parcelas. Dentre os integrantes, deve ser escolhido um representante, que ficará a cargo do recolhimento dos valores correspondentes à parte de cada integrante.

Qual o prazo para pagamento do microcrédito?

O prazo para o pagamento é de 4 a 25 parcelas.

Qual o valor dos encargos do microcrédito do Banco do Brasil?

As taxas de juros estão em torno de 0,4% ao mês ou 5% ao ano. A cobrança de Imposto sobre Operações de Crédito (IOF) é de alíquota zero.

Como é a orientação do MPO?

O Banco do Brasil, por meio de sua rede de agências e da Movera, oferece orientação e acompanhamento para o empreendedor durante o período de utilização do empréstimo.

Como é a avaliação para se conceder o MPO?

O banco coleta os dados socieconômicos do empreendedor e do empreendimento. São avaliados fatores como o tipo de atividade exercida, a capacidade de pagamento e as necessidades do negócio.

A partir dessas informações, o agente especializado do banco repassa as orientações para o empreendedor, de forma a ajudá-lo para que os negócios se desenvolvam da melhor maneira possível.

Como fazer o pedido do MPO?

É preciso visitar uma agência do Banco do Brasil e entrar em contato com um Agente de Crédito.

Para mais informações, acesse o site do Banco do Brasil e o da Movera.

DICA EXTRA: MEI saiba tudo o que é preciso para gerenciar seu próprio negócio

Se você buscar iniciar como MEI de maneira correta, estar legalizado e em dia com o governo, além de fazer tudo o que é necessário para o desenvolvimento da sua empresa, nós podemos ajudar. Já imaginou economizar de R$ 50 a R$ 300 todos os meses com contador e ainda ter a certeza que está fazendo suas declarações e obrigações de forma correta. E o melhor é que você pode aprender tudo isso em apenas um final de semana.

Uma alternativa rápida e eficaz é o curso MEI na prática. Trata-se de um curso rápido, porém completo e detalhado com tudo que um MEI precisa saber para ser autônomo e nunca mais passar por dificuldades ao gerir o seu negócio. Quer saber mais? Clique aqui e mantenha sua empresa MEI em dia!



Conteúdo original Edital Concursos