Greve dos caminhoneiros gera desconfiança de desabastecimento

Nesta quarta-feira, 08, caminhoneiros fecharam algumas rodovias do Brasil em protesto a favor do presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido). Os motoristas pedem o fechamento do Supremo Tribunal Federal (STF).

Internautas temem que o ato que está acontecendo atualmente seja parecido com a greve dos caminhoneiros que ocorreu em 2018. Na época, foi uma paralisação de caminhoneiros autônomos com extensão nacional durante o governo de Michel Temer, e terminou com a intervenção de forças do Exército Brasileiro e Polícia Rodoviária Federal para desbloquear as rodovias.

Nas redes sociais, não se fala em outra coisa a não ser no ato pró-Bolsonaro que os caminheiros aderiram e muitos falam sobre um possível desabastecimento como ocorreu na última greve dos caminhoneiros.

Caso a situação se mantenha, rapidamente começará o desabastecimento. Ninguém hoje opera com mega estoques. Ganhará a simpatia da população quem dominar a narrativa. Pelo que vi, mesmo pessoas simples já sabem o motivo do movimento dos caminhoneiros e até mesmo apoiam” comentou um internauta

Comentários estão fechados.