A primeira coisa que devemos ter em mente em relação a um site, é que ele é uma extensão da empresa, tão importante quanto a sede física, e não é exagero afirmar que em alguns casos até mais importante.

Diariamente usamos inúmeros serviços de empresas e muitas delas sem que nunca tenhamos ido fisicamente até lá, em outros casos vamos muito pouco, alguns exemplos são:

Telefonia, tv por assinatura, internet, água, luz, bancos e muitas outras.
Se você precisa de algo dessas empresas, provavelmente você conseguiria fazer tudo pelo site delas, mesmo tendo a opção de usar o telefone.

Isso nos mostra o quão importante são os sites para a operação dessas empresas.

Partindo dessa premissa, será que as empresas contábeis tratam seus sites como uma real extensão delas mesmas?

Sua empresa contábil pode considerar que o site é sua extensão quando:

1- Seu cliente percebe que em vez de ligar para você, ele pode acessar seu site para saber a informação que precisa, a qualquer hora e de qualquer dispositivo, seja computador ou smartphone. Já imaginou quanto tempo isso iria economizar de seus colaboradores?

2- No momento em que você está fechando um contrato com um cliente e o aceite deste contrato pode ser feito on-line, como diversas outras empresas praticam conosco.

3- Quando um potencial cliente lê um depoimento daquele outro cliente fidelizado e decide que vai escolher trabalhar com a sua empresa.

4- Quando a sua empresa quer oferecer para seus clientes algum curso, palestra ou treinamento e as inscrições podem ser feitas pelo site.

5- Ao demonstrar que os parceiros da sua empresa são igualmente idôneos, certificando sua reputação.

6- Ao receber um pedido de orçamento de prestação de serviço, sabendo que o cliente recebeu todas as informações necessárias automaticamente no momento em que pediu o orçamento.

7- Quando o cliente usa seu site como ferramenta diária. Como ele já está acostumado e sabe que sua empresa tem um ambiente onde ele pode fazer consultas diversas, tirar certidões, usar índices para cálculos, saber se é mais vantajoso contratar mão de obra pelo regime clt, pj ou autônomo, consultar a agenda tributária, entre outras coisas.

8- Em diversos momentos em que sua empresa precisa comunicar e destacar coisas importantes e a principal área do site está fazendo o destaque que leva o visitante para uma página específica sobre o assunto abordado. Mesmo que a comunicação feita seja feita para captar novos clientes.

9- Se sua empresa precisa captar currículos e existe uma área no site que pode ser habilitada e desabilitada conforme a necessidade e os currículos podem ser recebidos em um email ou acessados on-line.

Todas essas são maneiras em que um site se torna uma extensão de uma empresa contábil.

Podem existir muitas outras só depende de como a empresa decide gerir esse recurso.

Porém, isso só é viável se o site é administrado pela própria empresa contábil, podendo ser atualizado a qualquer momento e de qualquer lugar, mantendo ferramentas e informações sempre atualizadas no site e os clientes sejam educados a usá-las. Uma das maneiras de fazer isso é com informativos como este aqui, que podem ser enviados por email e também disponibilizados no site.

De que adianta ter uma página do site linda com todas as informações de quais os documentos necessários para fazer o IR, se quando chega a época do imposto de renda você não consegue destacar isso na página principal de maneira adequada, e assim que passar o prazo, esse destaque ser substituído por algo que realmente importe naquele momento.

O site precisa estar sob controle da empresa, só assim ele será realmente uma extensão.

A Neo Solutions desenvolve sites com tecnologias exclusivas para que empresas contábeis tenham realmente uma extensão no mundo digital.

Saiba mais, assistindo ao vídeo

Comente no Facebook

Comentários