Reajuste do PIS-Pasep 2021: Beneficiários podem sacar novo valor

0

Com o novo valor do salário mínimo de R$ 1.100 em vigor desde o dia 1º de janeiro, os trabalhadores que ainda não realizam os saques do PIS/Pasep terão o abono reajustado com a nova alteração.

Benefício reajustado

Com o aumento de 5,26% em relação ao salário mínimo do ano passado de R$ 1.045 o abono salarial do PIS-Pasep também sofreu uma nova alteração. Os valores aos quais os trabalhadores poderão receber variam entre o mínimo de R$ 92 até o montante de R$ 1.100.

Terão direito ao novo valor:

  • Os trabalhadores nascidos entre os meses de julho e dezembro ou com número final da inscrição entre 0 e 4 que ainda não sacaram o benefício.
  • Os nascidos entre janeiro e junho e com números de inscrição de 5 a 9 que ainda vão receber nas datas previstas no calendário de pagamentos.

O abono é pago aos trabalhadores conforme o calendário divulgado pelo Governo Federal que leva em conta o mês de nascimento para os trabalhadores de empresas privadas (PIS) e o número final da inscrição para servidores públicos (PASEP).

Vale lembrar que o banco responsável pelo pagamento do PIS é a Caixa Econômica Federal. Já para o pagamento do PASEP, o mesmo é pago pelo Banco do Brasil.

Como sacar

Para realizar o saque do PIS, o trabalhador precisa ter em mãos o Cartão Cidadão, bem como senha cadastrada se por fim se dirigir aos terminais de autoatendimento da Caixa ou em uma casa lotérica.

Caso o trabalhador não esteja munido do Cartão Cidadão o mesmo pode receber o valor em qualquer agência da Caixa, desde que apresente um documento de identificação.

No caso do Pasep o pagamento é realizado por meio de depósito em conta. Caso o servidor verifique que não houve o depósito deve procurar imediatamente uma agência do Banco do Brasil e apresentar um documento de identificação.