Saiba como receber benefícios do INSS mesmo sem estar trabalhando

0

Grande parte dos cidadãos não sabem, mas é possível usufruir dos mais diversos benefícios oferecidos pela previdência mesmo que você esteja em situação de desempregado.

A explicação para isso é bem simples, mesmo que você esteja desempregado, você pode manter a qualidade de segurado. Essa condição lhe permite diversas vantagens junto a previdência.

Como manter a qualidade de segurado?

Para manter a qualidade de segurado no entanto exige o cumprimento de algumas regras e é delas que vamos falar agora!

A qualidade de segurado é uma condição atribuída a todo cidadão filiado ao INSS que possua inscrição junto à Previdência Social e realize pagamentos mensais.

Equivalente à um seguro social, essa qualidade é uma proteção que o beneficiário faz jus ao adquirir. Os casos que se enquadram como segurados podem ser:

  • Empregado.
  • Empregado doméstico.
  • Trabalhador Avulso.
  • Contribuinte Individual.
  • Segurado Especial e Facultativo.

Adquirindo a Qualidade de Segurado

Para adquirir esta qualidade você precisa realizar contribuições para o INSS. A partir da primeira contribuição ele já é conquistado conferindo direito sem necessidade de carência a alguns benefícios, como auxílio reclusão e pensão por morte.

 Mantendo a condição de segurado

Embora seja possível conquistar a qualidade de segurado logo na primeira contribuição, também se perde ela meses após parar de contribuir. Em geral, o prazo é de 12 meses, mas pode ser prolongado ou reduzido em alguns casos:

  • Se o trabalhador pagou 120 meses sem interrupção, terá 24 meses de qualidade;
  • Se o trabalhador ficar desempregado e comprovar a situação por registro no Ministério do Trabalho e Emprego terá 24 meses;
  • Terá seis meses se for segurado facultativo;
  • Desta maneira, para manter a qualidade, é preciso continuar contribuindo afim de garantir seus direitos previdenciários.

Como recuperar a qualidade de segurado

Quem não está mais no período de graça não perde o que já contribuiu. Portanto, se voltar a contribuir, ainda poderá somar o período atual com as contribuições anteriores.

A qualidade de segurado e o direito à cobertura previdenciária, serão recuperadas já a partir da primeira contribuição. Importante destacar que o segurado não terá direito a todos os benefícios no início, apenas a medida em que for contribuindo poderá alcançar a quantidade de contribuições necessárias para requerer o benefício almejado.

Neste caso, recomenda-se que ele contribua até acumular a carência necessária para todos os benefícios.

Dica extra: Compreenda e realize os procedimentos do INSS para usufruir dos benefícios da previdência social.

Já pensou você saber tudo sobre o INSS desde os afastamentos até a solicitação da aposentadoria, e o melhor, tudo isso em apenas um final de semana?

Uma alternativa rápida e eficaz é o curso INSS na prática: Trata-se de um curso rápido, porém completo e detalhado com tudo que você precisa saber para dominar as regras do INSS, procedimentos e normas de como levantar informações e solicitar benefícios para você ou qualquer pessoa que precise. Não perca tempo, clique aqui e domine tudo sobre o INSS.

Conteúdo por Jornal Contábil, com informações CMPPrev e Koetz Advocacia