Uma solução para gestores que vão iniciar negócios em 2020, planejar reestruturação ou traçar metas para evitar uma quebra pode ser a terceirização financeira: o administrador dedica sua atenção às áreas essenciais do empreendimento, como planejamento estratégico e crescimento. A redução de custo passa dos 30% ao mês, segundo especialistas.

Segundo Francisco Figueiredo, gestor da Pacífico Contabilidade e Consultoria Financeira, um gasto mensal com funcionário júnior do setor chega a R$ 3.000. Ainda segundo o especialista, contratar o serviço terceirizado pode gerar redução de custos em 33% ao mês. “Costuma ser cobrado um valor médio de R$2 mil a R$3 mil para uma mão de obra nível sênior. No mercado de trabalho, esse valor é pago para é para assistente ou analista, fora os encargos trabalhistas envolvidos na contratação CLT. Ou seja, a economia pode passar dos 33%”.

“A área financeira, por ser mais burocrática, passa a ser organizada por um profissional terceirizado. E é ele que fica responsável por toda organização de contas a pagar, contas a receber, conciliação bancária, emissão de notas fiscais e boletos e, principalmente, por gerar os relatórios de resultados da empresa, como fluxo de caixa, DRE, orçamento e outros”, explica. O especialista também sinaliza que a terceirização é interessante para pequenas e médias empresas.

Ao contratar, é preciso ficar atento aos serviços prestados. “Checar se o profissional usa tecnologias em nuvem (Conta Azul, por exemplo) é uma dica importante. Assim, o cliente pode acessar a plataforma do sistema financeiro com comodidade. Além disso, verificar se o prestador gera relatórios de resultados periodicamente sobre o negócio do cliente, como fluxo de caixa,orçamentos, etc”.

DICA EXTRA  DO JORNAL CONTÁBIL : MEI saiba tudo o que é preciso para gerenciar seu próprio negócio.  Se você buscar iniciar como MEI de maneira correta, estar legalizado e em dia com o governo, além de fazer tudo o que é necessário para o desenvolvimento da sua empresa, nós podemos ajudar. Já imaginou economizar de R$ 50 a R$ 300 todos os meses com contador e ainda ter a certeza que está fazendo suas declarações e obrigações de forma correta. E o melhor é que você pode aprender tudo isso em apenas um final de semana. Uma alternativa rápida e eficaz é o curso MEI na prática. Trata-se de um curso rápido, porém completo e detalhado com tudo que um MEI precisa saber para ser autônomo e nunca mais passar por dificuldades ao gerir o seu negócio. Quer saber mais? Clique aqui e mantenha sua empresa MEI em dia!

Francisco Figueiredo atua há 10 anos com Direito e Contabilidade, tendo sua formação na Fundação Armando Alvares Penteado (FAAP), com especialização em Direito Tributário e Gestão Financeira para Empresas.