Tipos de empresas no Brasil e suas diferenças; entenda!

0

Todo empreendedor precisa ter uma visão ampla sobre o enquadramento das empresas, pois.

Na matéria de hoje vamos falar sobre os tipos de empresas correspondente a cada uma das siglas que citamos no nosso título.

Continue conosco e fique por dentro do assunto.

Qual a diferença entre as empresas do porte MEI, ME e EPP?

MEI (Microempreendedor Individual)

Este ramo surgiu com a Lei Complementar n° 128/2008, a mesma deu abertura para os empreendedores individuais, pudessem criar um registro no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ)

Quais são as exigências para se enquadrar no MEI:

  • É necessário ter um faturamento anual bruto de até R $ 81 mil;
  • Não pode ter sócio ou titular de outra empresa;
  • Pode ter no máximo um empregado;
  • Deve exercer somente nas atividades permitidas, das quais estão excluídas as de alta periculosidade.

ME (Microempresa) 

Nesta categoria somente o indivíduo é o gestor, o que diferencia o ME para o MEI, são:

  • Faturamento bruto anual de até R $ 360 mil;
  • Regime tributário que é definido pela receita bruta anual;

EPP (Empresa de Pequeno Porte)

Nesta empresa trabalha apenas seu proprietário, unido ou não a sócios. Para esta categoria, a legislação que  estipula o faturamento anual.

Para que seja definida sobre R $360 mil a R $4 milhões.

Agora vamos ver a diferença entre: EI, EIRELI, LTDA e S.A

EI (Empresário Individual) 

Esta categoria é para um único proprietário, sendo que o patrimônio desse empreendedor faz parte do patrimônio da empresa.

Portanto ele torna-se o titular da empresa, o que significa que ele vai responder de forma ilimitada.

Qual o faturamento de uma empresa EI?

O que vai determinar isto é se ela será também classificada como MEI (até a R $360 mil) ou também como EPP (até R $4,8 milhões).

Isto se a empresa estiver atrelada ao regime tributário Simples Nacional, mas supondo que este faturamento anual esteja acima deste valor mencionado ou se limitar a R $78 milhões,  a empresa se enquadrará no Regime Lucro Presumido.

Designed by @yanalya / Freepik
Designed by @yanalya / Freepik

EIRELI (Empresa Individual de Responsabilidade Limitada) 

O próprio nome diz empreendedor individual, ou seja o único na organização, um EIRELI responde as dívidas de forma limitada, que equivale ao valor do capital social da empresa.

Mas neste caso é preciso ter um capital social no valor mínimo equivalente a 100 vezes o salário mínimo. 

LTDA (Limitada)

Neste tipo de empresa, dois ou mais sócios fazem um contrato social, o mesmo é registrado na Junta Comercial.

Nesta documentação é estabelecido o valor de cada cota do capital da empresa, isto relacionado ao investimento de cada sócio, juntamente com os limites de participação dos sócios. 

Se o LTDA não está escrito após a razão social da empresa, o mesmo se refere à responsabilidade ilimitada.

De acordo com o faturamento anual deste tipo de empresa, ela poderá ser LTDA ME ou LTDA EPP.

S.A (Sociedade Anônima)

Neste tipo de sociedade dois ou mais sócios, rege um estatuto que divide o capital da empresa em ações.

Os sócios de uma sociedade anônima também são acionistas, as ações desta sociedade são negociadas em bolsas de valores. 

Ressaltando que a administração de uma Sociedade Anônima é restrita à sua diretoria ou conselho de administração, o mesmo deverá ser composto por no mínimo três pessoas, sendo sócio ou não.

Dica Extra: Já imaginou aprender 10 anos de Prática Contábil em poucas semanas?

Conheça um dos programas mais completos do mercado que vai te ensinar tudo que um contador precisa saber no seu dia a dia contábil, como: Rotinas Fiscais, Abertura, Alteração e Encerramento de empresas, tudo sobre Imposto de Renda, MEIs, Simples Nacional, Lucro Presumido, enfim, TUDO que você precisa saber para se tornar um Profissional Contábil Qualificado.

Se você precisa de Prática Contábil, clique aqui e entenda como aprender tudo isso e se tornar um verdadeiro profissional contábil.

Por Laís Oliveira