O que pensar sobre valuation e geração de valor para empresas em um cenário tão caótico como o da pós-pandemia? É uma tarefa que assusta muitos empresários, principalmente aqueles que sentiram que a sua empresa perdeu valor durante este episódio de pandemia por coronavírus. Outras empresas, no entanto, geraram ainda mais valor ao seu negócio. Veja a seguir um pouco desta reflexão e quais são as tendências para o próximo ano.

O que é valuation?

Valuation nada mais é do que o processo de avaliar e determinar o valor de uma empresa ou companhia, através de técnicas de análises quantitativas e qualitativas.

Isso é, significa “avaliação de empresa” e permite avaliar o valor de determinado ativo ou passivo, financeiro ou real. Já criamos e publicamos um guia sobre o que é e como calcular o valuation da sua empresa neste artigo – leia na íntegra.

No entanto, o valor de uma empresa é um valor de continuidade – esta é uma das principais características do conceito de valuation. Isso significa que é o valor nos fluxos exponenciais futuros de ganhos.

O valor é formado por continuidadecrescimento do negócio e ambiente econômico. Estas são algumas premissas sobre o valuation e a sua análise, independentemente do contexto, vai usá-las como base.

O valor limite para cima ou para baixo é definido pelos seus fundamentos, o que torna a projeção possível independentemente de contextos de crise. Desta forma, o valor é encontrado enquanto as premissas forem verdadeiras.

É importante saber o valuation de uma empresa por muitos motivos: no caso de venda da empresa, aquisições, fusões, na hora de investir em ações, na análise de viabilidade, avaliação de desempenho, no momento de maximizar o valor e aumentar o capital, etc.

Calculando o valuation conforme as suas premissas

É fato que há empresas que aumentaram o seu valor com a crise causada pela pandemia. Outras, no entanto, perderam valor. No entanto, nem é tão importante saber se o valor aumentou o diminuiu neste momento tão singular. É mais essencial saber como aumentar o valuation do seu negócio daqui para a frente.

Preço X Valor

É importante ressaltar ainda que valor é diferente de preço. O preço é um montante que se paga por uma ativo. Mas preço é o que você paga e não é valor. O valor econômico é um conjunto de expectativas futuras de geração de retorno. O preço não tem estas expectativas embutidas.

O preço não se calcula – ele existe conforme o estabelecido pelo mercado. O valor, sim. Além disso, é possível gerar valor para um negócio. Todo investimento é bom desde que o preço pago seja menor que o valor que ele possui.

Fazendo essa diferenciação entre valor e preço, já é possível saber que independentemente do contexto, e utilizando as premissas de valuation, é possível estabelecer o valor de um negócio, mesmo em um cenário pós-pandêmico.

O que considerar?

É importante imaginar em termos de valuation que a pandemia não é interna. A pandemia é um cenário e em algum momento o cenário irá se recuperar. Vale até dizer que crises são um momento de oportunidade – por isso, certas empresas não perderam o valor na pandemia, outras até aumentaram o valor, e devem neste momento apenas criar estratégias para mantê-lo ou aumentá-lo nos próximos meses e anos. Haverá um custo até esta recuperação.

Observe que isso é uma dificuldade inicial na avaliação do valor da empresa. Mas isso não significa uma inviabilidade. Isso porque entre as estratégias de valuation há as suas premissas que não mudam diante de crise. E o próprio significado de valor pode até ser revisto diante deste evento.

Mesmo em empresas em situações complicadas é possível criar a capacidade de gerar valor e de mensurar o seu valuation. O primeiro passo é analisar se a empresa é capaz de gerar fluxo de caixa, considerando a sua estrutura, sua capacidade tecnológica, seus produtos, etc., ou ela terá que buscar novos mercados, criar novos produtos e adotar novas estratégias para se tornar mais competitiva e aumentar o seu valor.

O segundo ponto é a taxa de desconto deste fluxo de caixa. É preciso mensurar; mesmo que a empresa tenha um patrimônio líquido negativo, é possível criar estratégias para precificar, buscar metodologias corretas e organizar a estrutura do seu capital – a empresa deve ter a capacidade de ir se ajustando mesmo se possui dívidas, buscando sempre o equilíbrio.

Quando ela estiver em uma situação de equilíbrio será possível fazer projeções de fluxo de caixa em etapas para poder estabilizar a empresa e apurar adequadamente o seu valor.

Original de OSP Contabilidade