12 motivos que o trabalhador pode faltar no trabalho sem ser descontado

Conheça os motivos aos quais o trabalhador pode se ausentar do trabalho sem ter o dia descontado do salário

Para que o trabalhador consiga receber seu salário integralmente, uma das obrigações é que o mesmo frequente todos os dias o ambiente de trabalho.

No entanto, é mais que comum na vida de qualquer pessoa, que o trabalhador sofra algum previsto e consequentemente não consiga comparecer ao trabalho.

Além disso, muitas vezes, mesmo sendo um bom funcionário e que realmente é competente no que faz, o empregador não libera uma folga para que o trabalhador consiga resolver o imprevisto.

Dessa forma, no final do mês o trabalhador acaba tendo o dia faltado descontado do seu salário e ficando no prejuízo.

Contudo, é importante que o trabalhador saiba que existem algumas situações em que é possível para o trabalhador se ausente de suas funções sem que tenha nada descontado do seu salário.

Nesse sentido, hoje vamos apresentar quais são as situações em que o trabalhador pode se ausentar do trabalho sem qualquer tipo de desconto. Mas lembre-se, em todo caso é sempre preciso comprovar o motivo da falta.

Motivos que o trabalhador pode faltar sem ser descontado

Vamos apresentar os motivos em que o trabalhador pode se ausentar do trabalho, conforme previsto pelo artigo 473 da CLT (Consolidação das Leis do Trabalho), que trata das faltas justificadas, sem qualquer prejuízo ao salário.

1º motivo: Falecimento de algum parente ou dependente

O trabalhador pode se ausentar do trabalho por até dois dias no caso de perda de esposa/marido, pais, filhos, irmãos e pessoas que dependam economicamente de você.

2º motivo: Casamento

Ao casar-se, o trabalhador pode se ausentar até três dias do trabalho, mas lembre-se que são dias corridos e não dias úteis. Logo, caso o casamento ocorra no sábado, o domingo também será considerado.

3º motivo: Nascimento do Filho

A mãe terá direito a licença maternidade de 120 dias. Já o pai também terá a licença paternidade, contudo o pai possui direito a cinco dias corridos.

4º motivo: Doação de sangue

A lei trabalhista permite que o trabalhador falte uma vez por ano para doar sangue, todavia, o trabalhador deverá comprovar que realmente realizou a doação de sangue.

5º motivo: Tirar o título de eleitor

Conforme expresso na CLT, o trabalhador que vai se alistar como eleitor poderá se ausentar do trabalho por até dois dias consecutivos.

6º motivo: Ser mesário voluntário

O trabalhador convocado para trabalhar como mesário será compensado com duas folgas por dia trabalhado, que podem ser utilizadas de acordo com o que foi negociado com a empresa.

7º motivo: Cumprir exigência do serviço militar

Como o processo de alistamento é obrigatório para todos os homens no país. Os mesmos não precisam trabalhar no dia do alistamento, dispensa, ou de qualquer outra convocação do serviço militar, pelo tempo necessário.

8º motivo: Realizar prova para ingressar no ensino superior

A CLT permite que o trabalhador se ausente para prestar o vestibular, mediante apresentação de declaração da instituição educacional.

9º motivo: Comparecimento à Justiça

Caso o trabalhador seja requerido pela justiça comparecer em Júri, o trabalhador poderá se ausentar do trabalho no dia da audiência.

10º motivo: Acompanhar esposa ou companheira grávida ao médico

O trabalhador pode se ausentar em até 6 consultas médicas ou exames pelo tempo necessário.

11º motivo: Acompanhar filho de até seis anos em consulta médica

O trabalhador pode se ausentar uma vez ao ano para acompanhar o filho em uma consulta médica, sem ter o dia descontado do salário.

12º motivo: Realização de exame preventivo de câncer

Nessa questão é permitido que o trabalhador se ausente até três dias a cada 12 meses para realizar exames de prevenção ao câncer.

Nota! Independente do caso é sempre importante que o trabalhador comprove a ausência para não ter o dia descontado.

Comentários estão fechados.