13º salário do INSS volta a ser pago aos segurados, veja datas

0

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) finalizou o cronograma de pagamentos da primeira parcela da antecipação do 13º salário. Agora, a atenção dos segurados se volta as datas de liberação da segunda parcela.

Vale lembrar que cada parcela é correspondente a 50% do valor total do benefício, onde a primeira parcela é paga livre de qualquer desconto, já a segunda parcela de 50% pode haver descontos em alguns casos que vamos falar a seguir.

Designed by Gabriel_Ramos / shutterstock
Designed by Gabriel_Ramos / shutterstock

Liberação da segunda parcela

A antecipação do 13º salário está ocorrendo em duas parcelas, ambas de 50% do valor total do benefício. Com a atenção voltada a liberação da segunda parcela, é preciso lembrar aos segurados, que em alguns casos pode haver desconto de Imposto de Renda no valor do benefício.

Entretanto é necessário se atentar que o desconto pode ocorrer apenas nas situações a seguir, caso você não se enquadre nelas, receberá os outros 50% livre de qualquer desconto.

  • Segurados com idade de até 64 anos e com benefício superior a R$ 1.903,98 terão desconto de Imposto de Renda na segunda parcela.
  • Segurados com idade superior a 65 anos e com benefício superior a R$ 3.807,96 terão desconto de Imposto de Renda na segunda parcela.

É preciso lembrar ainda que os segurados com benefícios temporários que se encerram até o dia 31 de dezembro vão receber o 13º salário proporcional. Assim como os segurados que tiveram o benefício concedido a partir de fevereiro também vão receber o valor proporcional.

Tem direito ao 13º salário quem, durante o ano, recebeu aposentadoria, pensão por morte, auxílio-doença, auxílio-acidente ou auxílio-reclusão.

Aqueles que recebem benefícios assistenciais (Benefício de Prestação Continuada da Lei Orgânica da Assistência Social – BPC/LOAS e Renda Mensal Vitalícia – RMV) não têm direito ao 13º salário.

Calendário de pagamentos

Com o encerramento dos pagamentos da primeira parcela, a segunda parcela será liberada da seguinte forma:

Benefícios com valor máximo de um salário mínimo

Dígito final2ª parcela – Junho
124 de junho
225 de junho
328 de junho
429 de junho
530 de junho
601 de julho
702 de julho
805 de julho
906 de julho
007 de julho

Benefícios superiores a um salário mínimo 

Dígito final2ª parcela – Junho
1 e 601 de julho
2 e 702 de julho
3 e 804 de julho
4 e 906 de julho
5 e 007 de julho