400 bolsas de estudo integrais são oferecidas em 20 estados brasileiros

Vagas são para o Ensino Médio e contemplam estudantes com potencial acadêmico

0

Estão sendo concedidas 400 bolsas de estudo integrais, pela Cogna, para estudantes de baixa renda e com alto potencial acadêmico matriculados no 9º ano da rede pública. Além da isenção nas mensalidades, os alunos recebem gratuitamente materiais didáticos e mentoria. O objetivo é proporcionar o acesso à educação de qualidade.

As bolsas de estudo estão disponíveis para 128 escolas distribuídas em 95 cidades de 20 estados brasileiros. Os jovens selecionados nesta edição cursarão, a partir de 2021, os três anos do Ensino Médio com bolsa vigente até o fim do ensino básico.

bolsas de estudos
Bolsas de Estudos

“O Ensino Médio é uma etapa crucial na formação pessoal e escolar do aluno. É gratificante ajudar a aumentar a chance de ingresso desses jovens no ensino superior. Sabemos que apoiá-los nessa jornada acadêmica é um incentivo para que consigam ir mais longe”, destaca Camilla Veiga, diretora de impacto social da Cogna.

O programa criado há três anos já beneficiou quase 400 jovens. Um deles é a Valentina Cruz, bolsista do Colégio Anglo, contemplada em uma edição anterior pelo Programa do Ensino Médio da Cogna. A estudante conta que, por sair de um colégio público para particular, pensou que não fosse se adaptar ao ensino e ao ambiente. Contudo, a realidade foi diferente. “O pessoal da escola foi muito receptivo. A diretora, coordenadora e alunos foram super acolhedores. A oportunidade abriu um mundo para mim. Então, vale muito a pena esse programa porque é verdadeiro”, elogia a estudante.

Como participar:

As inscrições ficam abertas até dia 09 de setembro no site https://www.institutosomos.org/. Quem se interessar pode acessar o site para preencher a ficha de inscrição e o questionário socioeconômico. Os requisitos para participar são: estar no 9º ano do Ensino Fundamental em escola pública; ter alto potencial acadêmico, comprovado por boletim e renda familiar per capita de até dois salários-mínimos.

O processo de seleção compreende três etapas eliminatórias: prova e entrevista realizadas on-line; entrevistas on-line com voluntários e psicopedagogos e visita à escola e entrevista presencial com beneficiado e seus responsáveis.

Bolsas de estudo para todas as séries

É possível estudar com bolsas disponibilizadas pelo Educa Mais Brasil independentemente da série ou modalidade de ensino, seja educação básica, ensino superior, curso técnico ou de idiomas. O programa de inclusão educacional tem parceria com instituições de ensino em todo o país.

Para ter acesso a uma das bolsas do Educa não é necessário comprovar renda, nem ter feito o Enem. As matrículas podem ser feitas em qualquer período do ano. Basta acessar o site do Educa Mais Brasil e consultar as bolsas disponíveis na sua região para se inscrever.

Fonte: Agência Educa Mais Brasil