Aposentadoria por tempo de contribuição e por idade sofreram alterações: Saiba o que mudou

Pontuação para a aposentadoria por tempo de contribuição e por idade sofreu alterações e começa a vigorar neste ano

Se você está prestes de se aposentar é preciso ficar por dentro das regras para não ter problemas. Isso porque com a Reforma da Previdência passaram a existir regras automáticas de transição, que mudam a concessão de benefícios a cada ano.

E para 2022 já podemos contar com algumas mudanças como a pontuação para a aposentadoria por tempo de contribuição e por idade, que sofreram alterações, saiba quais são elas.

Aposentadoria por tempo de contribuição 2022

Desde a Reforma da Previdência, em 2019, não é mais possível se aposentar exclusivamente por tempo de contribuição.

E por isso a Reforma estabeleceu quatro regras de transição, porém duas delas se modificaram na virada de 2021 para 2022:

Regra dos pontos: Em 2021 o cronograma de transição para a regra era de 86/96 pontos, já em 2022 passou para 89/99 pontos. A pontuação é composta pela soma da idade e dos anos de contribuição.

Vale lembrar que se você reuniu 96/86 pontos até a vigência da Reforma (13/11/2019) não vai sofrer as consequências desse aumento progressivo dos pontos.

Os requisitos de contribuição continuam os mesmos: 35 anos para os homens e 30 anos para as mulheres.

Os valores da aposentadoria com essa regra será de 60% do benefício integral, por 15 anos de contribuição para mulheres, e 20 anos para os homens, crescendo 2 pontos percentuais a cada ano a mais de contribuição.

Regra da idade mínima: Com a Reforma acrescenta seis meses às idades mínimas a cada ano, e em 2022, ficou assim: 

  • homem: 62 anos e 6 meses mais 35 anos de contribuição; 
  • mulher: 57 anos e 6 meses mais 30 anos de contribuição. 

O tempo de contribuição não muda, sendo 30 anos para mulheres e 35 para homens.

O valor da aposentadoria por essa regra será calculado a partir da média de todos os salários de contribuição. Depois, vem a regra dos 60% sobre esse valor também considerando o benefício integral, por 15 anos de contribuição para mulheres e 20 para homens). O beneficiário poderá receber mais de 100% do salário médio de contribuição, mas o limite é de até R$ 6.433,57.

Aposentadoria por Idade 2022

  • Homens que se filiaram à Previdência antes da Reforma da Previdência (13/11/2019), não há mudanças! Fica fixado 65 anos e 15 anos de tempo de contribuição para a concessão da aposentadoria por idade em 2022
  • Mulheres há o acréscimo de 06 meses na idade mínima que era exigida em 2021 (61 anos). Ou seja, em 2022 a idade mínima sobe para 61 anos e 06 meses e cumprir 15 anos de tempo de contribuição

Em relação aos valores a serem calculados, também existe diferença para homens e mulheres.

  • Mulheres: Será calculado 60% da média de todos salários de contribuição a partir de julho de 1994 + 02% a cada ano que exceder 15 anos de tempo de contribuição.
  • Homens: Será calculado 60% da média + 02% a cada ano que exceder 20 anos de tempo de contribuição.

Dica Extra do Jornal Contábil: Compreenda e realize os procedimentos do INSS para usufruir dos benefícios da previdência social. 

Já pensou você saber tudo sobre o INSS desde os afastamentos até a solicitação da aposentadoria, e o melhor, tudo isso em apenas um final de semana? Uma alternativa rápida e eficaz é o curso INSS na prática

Trata-se de um curso rápido, porém completo e detalhado com tudo que você precisa saber para dominar as regras do INSS, procedimentos e normas de como levantar informações e solicitar benefícios para você ou qualquer pessoa que precise. 

Não perca tempo, clique aqui e domine tudo sobre o INSS.

Comentários estão fechados.