Aproveite o dia do contador para conhecer os seus direitos e deveres



Dia 25 de abril é Dia do Contador. Ao mesmo tempo em que é um momento de felicitações aos profissionais da área, é um período para reflexões sobre a atuação na atividade, principalmente em relação aos direitos e deveres desse título. No entanto, antes de entrar nessas questões, é de extrema importância ao contabilista saber que não está sozinho na atividade. Atrás de grandes profissionais está o Conselho de Contabilidade, órgão que respalda o correto trabalho do contador. O conselho sempre destaca a importância de o profissional seguir rigorosamente o Código de Ética da categoria, que legitima as funções.



Agora, sim, com essa introdução já é possível apontar os principais direitos e deveres do profissional de contabilidade, que são regidos pelo Código de Ética. Conheça alguns deles!

Zelo

Antes dos direitos, vamos às obrigações. O profissional deve exercer a função com zelo, ou seja, muito cuidado. Quanto mais excesso de zelo, menos erros cometerá e sempre, como determina o código, com honestidade e capacidade técnica. Assim, a qualificação do profissional é fator essencial para o cumprimento das obrigações.

Anúncios

Discrição

O contabilista é um profissional que tem acesso a várias informações privilegiadas das empresas de seus clientes. E não é por menos, já que é ele o responsável pelas finanças e documentações, seja pessoa jurídica ou física, instituição pública ou privada. Devido a isso, é fundamental guardar sigilo sobre as informações que tiver conhecimento, mas ressalvados os casos previstos em lei ou quando solicitado por autoridades competentes.

Comunicação

Uma conversa clara e direta com o cliente evita uma série de futuros problemas que possam surgir. Como dever, o contabilista deve esclarecer seu cliente sobre as suas obrigações. Com todos sabendo o que deve ou não fazer, o trabalho será muito mais eficiente.

Outro ponto: por vezes o contabilista será solicitado para se manifestar sobre determinado assunto e, quando isso acontecer, deverá inteirar-se de todas as informações e circunstâncias antes de emitir sua opinião. Ver todos os lados é o primeiro passo para uma opinião mais acertada.

Agilidade

Apesar de não estar incluído no Código de Ética, todo profissional sabe da importância e da necessidade em ser ágil na função. Respostas rápidas e que respeitem os prazos é um ponto a mais para o portfólio do contabilista. E isso pode ser alcançado não apenas com a equipe mais experiente, mas que também tenha acesso a um software de gestão eficiente, seguro e simples. O fator humano somado à tecnologia de qualidade promovem resultados concretos e muito positivos.

Defesa

Agora falando dos direitos, o profissional necessita ter segurança para trabalhar, e isso o Conselho Regional de Contabilidade de cada Estado pode passar. O contabilista pode ter certeza que terá uma entidade respeitável para defendê-lo, se necessário, de qualquer problema que possa colocar em risco usa integridade profissional.

Remuneração

Outro ponto fundamental é uma remuneração compatível com as suas atribuições, o que não somente garante suas necessidades básicas como amplia as possibilidades de ascensão na área. Apesar de ser considerado básico, esse ponto é importante e nunca deve ser esquecido.

Respeito

O contabilista não inventa as regras do jogo, sua função é esclarecer a quem interessar sobre elas e realizar as atividades designadas de forma profissional e competente. Por isso, deve ser respeitado quando solicitar documentos ou declarações, por mais burocráticos que possam ser, afinal, isso é resultado do complexo sistema tributário brasileiro, e não do contador.

Matéria: https://blog.sage.com.br/gestao-contabil/aproveite-o-dia-do-contador-para-conhecer-os-seus-direitos-e-deveres/

 

[useful_banner_manager banners=15 count=1]

Comente no Facebook

Comentários

Facebook Comments Plugin Powered byVivacity Infotech Pvt. Ltd.