Auxílio Brasil: empréstimo poderá ter limite de até R$ 1.500

O empréstimo faz parte do  Programa de Simplificação do Microcrédito Digital para Empreendedores (SIM Digital)

O Auxílio Brasil vai contar em breve com uma linha de crédito que poderá ter um limite de até R$ 1.500. A Medida Provisória que criou novas linhas de crédito foi aprovada recentemente pelo Senado Federal e agora espera pela sanção do presidente Jair Bolsonaro para poder entrar em vigor.

Terão direito ao empréstimo os beneficiários do Auxílio Brasil, pessoas físicas e quem atua como Microempreendedor Individual (MEI).

O empréstimo faz parte do  Programa de Simplificação do Microcrédito Digital para Empreendedores (SIM Digital). A iniciativa foi criada dentro do Programa Renda e Oportunidade do Governo Federal, voltado para o fomento de pequenos negócios em meio à crise econômica.

Empréstimo Caixa para quem recebe o Auxílio Brasil

A exigência para ter direito ao empréstimo é que a pessoa que recebe o Auxílio Brasil queira começar ou expandir um negócio. Isso porque o SIM Digital é voltado exclusivamente para o empreendedorismo.

Pessoas Físicas

De acordo com as regras, as pessoas físicas poderão contratar um empréstimo de até R$ 1 mil com juros de 1,95% ao mês. O prazo para quitação das parcelas será de 24 meses. Sendo sancionada pelo presidente, o valor do empréstimo subirá para R$ 1.500,00.

Mesmo os beneficiários do Auxílio Brasil para ter acesso a linha de crédito precisam comprovar que estão querendo começar um um negócio. Para solicitar basta baixar o aplicativo Caixa Tem. Em seguida fazer a solicitação do empréstimo. Segundo a Caixa Econômica Federal, o pedido de análise e aprovação é de até 48 horas.

Microempreendedor Individual

Para quem atua como microempreendedor individual (MEI), o limite para empréstimo é de até R$ 3 mil com juros de 1,99% ao mês. O prazo para quitar as parcelas é de 24 meses. Caso o presidente Jair Bolsonaro sancione a MP, o valor do crédito para o MEI subirá para R$ 4.500,00.

Também será permitido que pessoas com restrições nos órgãos de proteção ao crédito (SPC e Serasa), poderão solicitar o empréstimo.

Como solicitar o empréstimo da Caixa?

Para os beneficiários do Auxílio Brasil ter acesso a linha de crédito, precisará estar com os seus dados pessoais atualizados no aplicativo Caixa Tem (disponível para Android e iOS).

Mesmo que você esteja inscrito e não possua um emprego formal, deverá informar sua ocupação e rendimento para solicitar o crédito. Isso porque a ideia é fomentar o empreendedorismo popular e o acesso à formalização, conforme as regras do SIM Digital.

Depois de passar pela análise de crédito e conseguir a aprovação, o dinheiro é depositado na conta do Caixa Tem. Lembrando que você deverá pagar as parcelas, isso ocorrerá de forma automática, ou seja, o débito será feito na conta poupança social digital.

Para quem atua como MEI, para solicitar o empréstimo deverá ir a uma agência da Caixa, portando documento pessoal e com papéis da empresa.

SIM Digital

O SIM Digital é um novo formato de microcrédito disponível desde o final de março deste ano, por meio do aplicativo Caixa Tem.

Ele permite que o empréstimo mesmo que a pessoa esteja com o nome negativado. É destinado a pessoas físicas, MEI e beneficiários do Auxílio Brasil.

As condições exigidas para a solicitação e contratação do microcrédito da Caixa pelo SIM Digital é que o contratante, pessoa física esteja interessada em ser um empreendedor autônomo ou querer empreender, mesmo que de modo informal. 

Requisitos

  • O solicitante de empréstimo não pode ter dívidas em valores acima de R$ 3 mil a partir de 31 de janeiro de 2022. O que inclui limite usado no cartão de crédito ou cheque especial. Mas exclui financiamento imobiliário.
  • Para MEIs, é preciso possuir no mínimo 12 meses de atividade da empresa para solicitar o empréstimo.
  • Deve apresentar comprovante de residência e os documentos pessoais e da empresa.
  • É preciso informar a ocupação e o rendimento atual do solicitante.
  • Quem recebe o Auxílio Brasil pode solicitar o crédito, porém precisa realizar atualização cadastral no app Caixa Tem.

Comentários estão fechados.