Auxílio Emergencial não será prorrogado até junho de 2021

0

Depois dos rumores que o auxílio emergencial seria prorrogado até junho de 2021, o ministro da Economia, Paulo Guedes, disse a jornalistas nesta quarta-feira (7) que é “zero” acontecer uma prorrogação do auxílio emergencial para 2021.

“Não haverá prorrogação do auxílio até junho de 2021. Não existe articulação para isso”, afirmou o ministro.

Aplicativo auxílio emergencial do Governo Federal.

Paulo Guedes lembrou que, o benefício a 67,7 milhões de desempregados, informais e beneficiários do Bolsa Família acabará em dezembro de 2020, sem a possibilidade de ser prorrogado.

Ele achou descabidas as informações sobre uma possível extensão do benefício.
A informação de uma possível prorrogação do auxílio até o ano que vem, fez com que o índice Bovespa, da B3, a bolsa paulista, descolasse de bolsas internacionais, tendo uma queda por causa da notícia que o governo estaria pensando em prorrogar o auxílio.

Depois que o ministro disse aos jornalistas que não era verdade a possível prorrogação do auxílio emergencial, o Ibovespa virou e passou a subir.

Atualmente o governo está terminando de pagar o auxílio de R$ 600 e inciando pagamento da parcela de R$ 300 para aqueles que não estão no Bolsa Família.

Edição por Jorge Roberto Wrigt Cunha – jornalista do Jornal Contábil