Auxílio Emergencial nas declarações do Imposto de Renda

0

Os contribuintes que receberam o Auxílio Emergencial, devem ter terminado o ano com os rendimentos tributáveis abaixo dos R$ 22.847,76. Se o valor for acima desse limite, o auxílio precisará ser declarado, e também devolvido ao Fisco, por ele e seus dependentes, sendo que o valor do Auxílio não deve ser incluído no cálculo desse limite”, explica a advogada.

“Quem incluir dependentes na declaração de Imposto de Renda que receberam o Auxílio Emergencial, precisará declarar o valor do benefício e da extensão que os dependentes receberam em 2020, além de devolver a quantia referente ao Auxílio Emergencial recebido por eles”, complementa.

piramide

“Ao final da declaração, quando o recibo de entrega for emitido, será gerado um DARF para pagamento do valor do Auxílio. É importante saber que mesmo se você tiver um valor para restituição do imposto de renda, o valor a ser devolvido não será abatido, então você ainda precisará pagar o DARF”, conclui Caroline D’Agostino.

Dica Extra do Jornal Contábil : Aprenda a fazer Declaração de Imposto de Renda. Aprenda tudo de IR em apenas um final de semana

Conheça nosso treinamento rápido, porém completo e detalhado com tudo que você precisa saber sobre IR. No curso você encontra:

Conteúdo detalhado, organizado e sem complexidade, videoaulas simples e didáticas,passo a passo de cada procedimento na prática. 

Tudo a sua disposição, quando e onde precisar.

Não perca tempo, clique aqui e aprenda a fazer a declaração do Imposto de Renda.

Por: Caroline D’Agostino, advogada especialista em direito do consumidor e sócia-proprietária do M&D Advogados.