O auxílio emergencial é um benefício do governo para ajudar os brasileiros a enfrentarem essa grave crise causados pelo coronavírus. Por conta da crise milhares de brasileiros se cadastraram para receber o Auxílio Emergencial de R$ 600 reais, porém nem todos os brasileiros que se cadastram conseguem acesso ao benefício. Várias solicitações continuam em análise, outras foram negadas e boa parte ainda não recebeu o dinheiro.

Mas afinal de contas, porque muitos brasileiros não podem receber o benefício?

Vale lembrar que não é só pedir o Auxílio Emergencial, para conseguir direito ao benefício precisa seguir uma série de exigências.

A análise do auxílio emergencial

O Auxílio Emergencial é solicitado pelo App ou pelo site da Caixa Econômica Federal, após o cadastro o pedido é analisado e identificado pelo Dataprev.

O Dataprev então vai cruzar todos os dados enviados com o registro do Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS). Depois do cruzamento de dados o Dataprev vai enviar as informações ao Ministério da Cidadania.

O último passo agora é o ministério homologar e reenviar as informações para o Dataprev que encaminha os dados a Caixa Econômica que se encarrega de emitir os pagamentos seguindo os calendários.

Qual o motivo da demora no analise dos pedidos?

Segundo o Dataprev, o atraso na análise se deve ao fato de que todas as regras estão no estágio de entendimento. Prevê-se que o processo será mais rápido nos próximos dias.

Quais motivos podem impedir o meu recebimento?

Existem muitas razões que impedem os cidadãos de obter assistência de emergência. Entre eles estão:

  • Ser maior de idade;
  • Deve possuir emprego formal e com carteira assinada;
  • Ter recebido remuneração nos últimos três meses;
  • Receber benefícios assistenciais ou seguridades do INSS;
  • Integrar famílias que tenham renda mensal acima de três salários mínimos ou até meio salário mínimo por pessoa;
  • Ter recebido em rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 em 2018;
  • Não ser Microempreendedor Individual (MEI), trabalhador informal ou autônomo.

Meu pedido foi negado e agora?

Quem teve o auxílio negado pelo governo pode tentar solicitar novamente, vale lembra que é importante estar atento aos requisitos necessários, pois se você não se enquadra o seu pedido será negado novamente.