Auxílio Emergencial veja o dia que você receberá a 6ª e 7ª parcela

Consulte o pagamento das últimas parcelas do auxílio emergencial pagas pelo governo federal

A Caixa Econômica Federal (CEF) está realizando agora o pagamento da 6ª parcela do auxílio emergencial 2021, sendo esta, a penúltima parcela do programa. A projeção do governo é de que o benefício se encerre no mês que vem com a liberação da 7ª parcela e não deverá contar com uma nova prorrogação, tendo em vista os esforços do governo para liberar o novo programa de distribuição de renda Auxílio Brasil que substituirá o atual Bolsa Família.

Calendário de pagamentos para o público geral

6ª parcela — Calendário de depósito em conta poupança digital

  • Nascidos em janeiro – 21 de setembro
  • Nascidos em fevereiro – 22 de setembro
  • Nascidos em março – 23 de setembro
  • Nascidos em abril – 24 de setembro
  • Nascidos em maio – 25 de setembro
  • Nascidos em junho – 26 de setembro
  • Nascidos em julho – 28 de setembro
  • Nascidos em agosto – 29 de setembro
  • Nascidos em setembro – 30 de setembro
  • Nascidos em outubro – 1º de outubro
  • Nascidos em novembro – 02 de outubro
  • Nascidos em dezembro – 03 de outubro

6ª parcela – Calendário de saque e transferência

  • Nascidos em janeiro – 04 de outubro
  • Nascidos em fevereiro – 05 de outubro
  • Nascidos em março – 05 de outubro
  • Nascidos em abril – 06 de outubro
  • Nascidos em maio – 08 de outubro
  • Nascidos em junho – 11 de outubro
  • Nascidos em julho – 13 de outubro
  • Nascidos em agosto – 14 de outubro
  • Nascidos em setembro – 15 de outubro
  • Nascidos em outubro – 18 de outubro
  • Nascidos em novembro – 19 de outubro
  • Nascidos em dezembro – 19 de outubro

7ª parcela – Calendário de depósito em conta poupança digital

  • Nascidos em janeiro – 20 de outubro
  • Nascidos em fevereiro -21 de outubro
  • Nascidos em março – 22 de outubro
  • Nascidos em abril – 23 de outubro
  • Nascidos em maio – 23 de outubro
  • Nascidos em junho – 26 de outubro
  • Nascidos em julho – 27 de outubro
  • Nascidos em agosto – 28 de outubro
  • Nascidos em setembro – 29 de outubro
  • Nascidos em outubro – 30 de outubro
  • Nascidos em novembro – 30 de outubro
  • Nascidos em dezembro – 31 de outubro

7ª parcela – Calendário de saque e transferência

  • Nascidos em janeiro – 1º de novembro
  • Nascidos em fevereiro – 03 de novembro
  • Nascidos em março – 04 de novembro
  • Nascidos em abril – 05 de novembro
  • Nascidos em maio – 09 de novembro
  • Nascidos em junho – 10 de novembro
  • Nascidos em julho – 11 de novembro
  • Nascidos em agosto – 12 de novembro
  • Nascidos em setembro – 16 de novembro
  • Nascidos em outubro – 17 de novembro
  • Nascidos em novembro – 18 de novembro
  • Nascidos em dezembro – 19 de novembro

Calendário de pagamentos para o Bolsa Família

6ª parcela do auxílio para o Bolsa Família

  • NIS final 1: 17 de setembro
  • NIS final 2: 20 de setembro
  • NIS final 3: 21 de setembro
  • NIS final 4: 22 de setembro
  • NIS final 5: 23 de setembro
  • NIS final 6: 24 de setembro
  • NIS final 7: 27 de setembro
  • NIS final 8: 28 de setembro
  • NIS final 9: 29 de setembro
  • NIS final 0: 30 de setembro

7ª parcela do auxílio para o Bolsa Família

  • NIS final 1: 18 de outubro
  • NIS final 2: 19 de outubro
  • NIS final 3: 20 de outubro
  • NIS final 4: 21 de outubro
  • NIS final 5: 22 de outubro
  • NIS final 6: 25 de outubro
  • NIS final 7: 26 de outubro
  • NIS final 8: 27 de outubro
  • NIS final 9: 28 de outubro
  • NIS final 0: 29 de outubro

Regras do Auxílio Emergencial 2021

O auxílio emergencial este ano foi disponibilizado desde abril pelo governo federal e determinou o pagamento de parcelas com valores entre R$ 150 e R$ 375 a depender exclusivamente da composição familiar.

Pelas regras estabelecidas, o auxílio é pago às famílias com renda mensal total de até três salários mínimos, desde que a renda por pessoa seja inferior a meio salário mínimo. É necessário que o beneficiário já tenha sido considerado elegível até o mês de dezembro de 2020, pois não houve nova fase de inscrições.

Para quem recebe o Bolsa Família, vale a regra do valor mais vantajoso, seja a parcela paga no programa social, seja a do auxílio emergencial.

Comentários estão fechados.