Ícone do site Jornal Contábil – Contabilidade, MEI , crédito, INSS, Receita Federal

Auxílio Gás de R$ 52,00: veja como receber

Imagem: Marcello Casal / Agência Brasil / editado por Jornal Contábil

Imagem: Marcello Casal / Agência Brasil / editado por Jornal Contábil

O auxílio gás começou a ser pago junto com o Auxílio Brasil, a partir do dia 18 de janeiro. Muitas pessoas que precisam dessa ajuda não sabem se é preciso se inscrever para ter direito ao benefício.

As pessoas não podem se inscrever para receber o auxílio gás, isso porque o Governo Federal usará de duas bases de dados para liberar o dinheiro para quem não consegue comprar o produto.

Serão contemplados as pessoas que estão inscritas no Cadastro Único de Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) e quem tem direito ao BPC (Benefício de Prestação Continuada).

As famílias de baixa renda inscritas no CadÚnico ou as famílias que tenham um membro que recebe o BPC terão direito ao auxílio gás.

O auxílio será pago a cada dois meses para as famílias que o governo contemplar. O valor será liberado pelo aplicativo Caixa Tem. O saque poderá ser realizado no mesmo dia em que o dinheiro for depositado.

O calendário do auxílio gás é o mesmo que é usado para pagar o Auxílio Brasil, de acordo com o número final do NIS. Confira:

Final 1 – 18 de janeiro

o Auxílio Gás será pago a famílias de baixa renda inscritas no Cadastro Único (CadÚnico) do Governo Federal, cuja renda familiar mensal per capita for de até meio salário mínimo.

Também terão direito os grupos familiares no qual, algum integrante, recebe o Benefício de Prestação Continuada (BPC).

Terão preferência para receber o benefício as famílias compostas por mulheres que foram vítimas de violência doméstica e que estão sob o monitoramento de medidas protetivas de urgência.