Banco Central disponibiliza novidades no Pix. Confira

0

O Banco Central se prepara para fazer uma nova atualização no Pix, nas quais serão apresentadas novidades no auxílio emergencial e nos pagamentos Pix.

Entre as novidades do BC, tem a estreia do Pix cobrança, em que será permitido realizar pagamentos e cobranças em datas futuras e o início do Pix agendado. Além disso, agora será possível movimentar o Auxílio Emergencial.

Pix Cobrança

Com estreia prevista para o 14 de maio, a novidade promete a realização de pagamentos em uma data futura usando o Pix.

Como irá funcionar? 

O Pix cobrança terá um funcionamento parecido com o pagamento de boletos bancários, no entanto, ao invés de um boleto, será gerado um Qr code para o pagamento em uma data futura. O diferencial se encontra, na possibilidade de pagar outro dia após ter a cobrança em mãos, tendo em vista, que antes só era possível realizar a transação em casos, nos quais o pagamento se desse na hora em que fosse gerado o Qr code.

Segundo BC, nem todos os bancos conseguiram atender a nova funcionalidade, todavia,  as instituições têm dos dias 14 de maio à 30 de junho para estarem adeptos, fornecendo no mínimo a disponibilidade do Qr code para pagamentos imediatos, no entanto, ainda não foi especificado como será realizada a fiscalização.

Fonte: Google
Fonte: Google

Pix agendado

Já o pix agendado será disponibilizado a partir do dia 30 de abril, e também será obrigatório a adesão desta ferramenta pelas instituições financeiras, segundo o BC.

Como irá Funcionar?

O usuário poderá selecionar uma data futura para realizar transferências, visando dar mais comodidade e opções aos usuários.  

Ainda não há uma data programada para que as instituições façam os ajustes necessários para atender esta funcionalidade. 

Pix no Auxílio emergencial

A novidade possibilitará a movimentação do benefício do Auxílio Emergencial através do Pix, a partir do dia 30 de abril. Tal transação não é possível antes da data programada.

Segundo o BC, tal medida visa proteger os beneficiários de eventuais descontos ou compensações que poderiam acontecer, reduzindo assim o valor original do auxílio.

Cabe salientar, que não será possível realizar transferências para uma conta da mesma titularidade.

Conteúdo por Lucas Machado