Benefícios que você pode receber ao se inscrever no CadÚnico

Conheça todos os benefícios que você pode receber ao realizar sua inscrição no CadÚnico e saiba como se inscrever.

O Cadastro Único conhecido como CadÚnico é usado pelo Governo Federal para identificar as famílias que se encontram em situação de pobreza e pobreza extrema. 

No cadastro essas famílias informam os principais dados de suas famílias, como escolaridade, renda, dentre outros. 

Através dessas informações é possível que estados e municípios realizem a implementação de políticas assistenciais para ajudá-las.  

Programas que você pode ter acesso ao se cadastrar no CadÚnico

Ao realizar o cadastro são cerca de 22 benefícios que a família em situação de pobreza e pobreza extrema, podem ter acesso quando cumprido os requisitos, sendo eles: 

  • Aposentadoria para Pessoas de Baixa Renda;
  • Tarifa Social de Energia Elétrica;
  • Benefício de Prestação Continuada (BPC);
  • Programa Minha Casa Minha Vida;
  • Carteira do Idoso;
  • Auxílio Brasil substituto do Bolsa Família;
  • Telefone Popular;
  • Isenção de Pagamento de Taxa de Inscrição em Concursos Públicos;
  • Programas Cisternas;
  • Água para Todos;
  • Bolsa Verde (Programa de Apoio à Conservação Ambiental);
  • Bolsa Estiagem;
  • Fomento às Atividades Produtivas Rurais/ Assistência Técnica e Extensão Rural;
  • Programa Nacional de Reforma Agrária;
  • Programa Nacional de Crédito Fundiário;
  • Crédito Instalação;
  • ENEM;
  • Serviços Assistenciais;
  • Programa Brasil Alfabetizado;
  • Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Peti);
  • Identidade Jovem (ID Jovem);
  • Carta Social.

Quais são os requisitos para se inscrever no CadÚnico? 

Como mencionada a inscrição no cadúnico é destinada às famílias que se encontram em situação de pobreza e pobreza extrema, será necessário comprovar:

  • Ter renda mensal de até meio salário mínimo por pessoa (R$ 550,00); ou
  • Ter renda mensal familiar total de até três salários mínimos (R$ 3.300,00); ou
  • possuir renda maior que três salários mínimos, desde que o cadastramento esteja vinculado à inclusão em programas sociais nas três esferas do governo.

Como se cadastrar no CadÚnico?

Para se cadastrar no CadÚnico basta se direcionar ao Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) do seu município. 

Para cadastrar a família toda, será preciso que uma pessoa do núcleo familiar se responsabilize por informar os dados de todos os familiares. Essa pessoa, chamada de Responsável pela Unidade Familiar (RF), precisa:

  • Fazer parte da família, morar na mesma casa, ter pelo menos 16 anos de idade e ser, preferencialmente, mulher;
  • Apresentar seu CPF ou Título de Eleitor (exceto em casos de famílias indígenas e quilombolas, que podem apresentar qualquer um dos documentos abaixo);
  • Mostrar pelo menos um documento de cada membro da família (pode ser certidão de nascimento ou casamento; CPF; RG; certidão administrativa de nascimento do indígena, RANI; carteira de trabalho; ou título de eleitor);
  • Não é obrigatório apresentar um comprovante de endereço, mas, se tiver, ajuda no preenchimento do cadastro.

Comentários estão fechados.